Fiscalização acaba com aglomeração de cães em Curitiba

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Da Redação

aifu em curitiba
Ação Integrada de Fiscalização Urbana (Aifu) percorre os bairros da cidade para vistoriar irregularidades. (Foto: Hully Paiva/SMCS)

Um evento envolvendo a participação de cães no Atuba e uma casa de carnes no Hauer foram interditados e multados neste domingo (21) pelas equipes da Ação Integrada de Fiscalização Urbnana (Aifu). Nos dois locais foram aplicadas as penalidades por descumprimento da Lei Municipal 15799/2021 e do decreto nº 600/2021 da prefeitura de Curitiba. No evento de cães, uma espécie de olimpíada para cachorros, foram aplicados 22 autos de infração sendo um de R$ 50 mil pela realização do evento e outras 21 multas no valor de R$ 5 mil cada por participação de atividade que gera aglomeração. Na casa de carnes, o auto de infração de R$ 5 mil e a interdição foram aplicados pela desobediência à restrição de funcionamento. Desde a noite de sexta-feira (19) até ontem a força-tarefa formada por equipes da prefeitura e governo do estado vistoriaram 77 estabelecimentos, interditaram 11 e aplicaram 37 autos de infração que, somados, chegam a R$ 302 mil.

Já nas vistorias de sábado (20), um salão de cabelereiro no Cabral foi fechado e orientado quanto à adequação às medidas sanitárias. Também tiveram as atividades encerradas uma loja de material de construção na Vila Guaíra, autuada em R$ 5 mil, e dois bares (Parolin e Boqueirão), multados em R$ 10 mil cada.
Uma distribuidora de bebidas no Capão Raso, onde foi verificada a atividade de bar e tabacaria, foi multada em R$ 50 mil e interditada. Quatro pessoas que estavam no local foram multadas em R$ 550 cada por não usar máscara. Duas distribuidoras de bebidas, tabacaria, bar e lanchonetes foram os estabelecimentos autuados na noite de sexta-feira (19). Foram expedidos seis autos de infração que, somados, chegam a R$ 55 mil.

Multas já renderam 7,7 milhões

Nas regionais Matriz, Pinheirinho e Cajuru guardas municipais aplicaram outros 22 autos de infração durante o fim de semana, que totalizaram R$ 61,5 mil em multas por descumprimento do horário permitido para funcionamento, falta de uso de máscara e aglomeração. Irregularidades de trânsito também voltaram a ser observadas pelas equipes da Superintendência de Trânsito (Setran) durante as operações Aifu de sexta e sábado. Além de motorista flagrado dirigindo na contramão, estacionamento no passeio e em frente à guia rebaixada (entrada e saída de veículos), falta de licenciamento, veículo com descarga livre e com defeito no sistema de iluminação foram situações verificadas pelos agentes de trânsito que totalizaram 18 autuações e quatro infrações, nos dois dias de fiscalização.

Desde o início da vigência da Lei 15.799/2021, em 5 de janeiro, foram vistoriados 1.144 estabelecimentos, dos quais 312 tiveram as atividades paralisadas e 653 autos de infração foram lavrados, somando R$ 7.729.850 em multas. Em ações isoladas, realizadas durante o patrulhamento preventivo e também em atendimento a solicitações da população que chegam pelo telefone 153, a Guarda Municipal já fez 219 autuações desde o início da vigência da lei municipal. Esse total corresponde à aplicação de R$ 722.850 em multas.

LEIA TAMBÉM:

Curitiba segue sob às regras da bandeira vermelha, de alerta alto de disseminação da Covid-19. Em função do agravamento da pandemia, é permitido apenas o funcionamento de atividades essenciais como supermercados, padarias e postos de gasolina, com horários restritos e exigência de cumprimento do Protocolo de Responsabilidade Sanitária e Social. Reuniões com aglomeração de pessoas em espaços de uso público, localizados em bens públicos ou privados, estão proibidas. A Aifu percorre bairros e região central da cidade. As fiscalizações são feitas por fiscais das secretarias municipais do Urbanismo e Meio Ambiente, agentes da Setran, Polícia Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros.

Siga-nos no Instagram para ficar sempre por dentro das notícias:

Veja Também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

X