Fiscalização fecha 15 pontos comerciais e aplica R$ 1,4 milhão em multas em Curitiba

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Da Redação

AIFU fecha 15 pontos comerciais e aplica R$ 1,4 milhão em multas neste final de semana em Curitiba. (Foto: SESP-PR)

Entre a noite de sexta-feira (10) e a madrugada de domingo (12) as equipes que participaram da Ação Integrada de Fiscalização Urbana (Aifu) em Curitiba, fecharam 15 estabelecimentos e os agentes municipais aplicaram R$ 1,4 milhão em multas. Durante as abordagens houve a dispersão de 2.058 pessoas que não respeitavam o distanciamento e o uso de máscaras.

As ações são feitas com base nas normas estabelecidas nos decretos estadual e municipal, principalmente em pontos reincidentes com relação ao desrespeito às regras. Neste fim de semana foram abordados 20 estabelecimentos e apenas cinco permaneceram abertos. Tambémforam aplicadas 51 autuações administrativas por parte dos profissionais das secretarias municipais do Urbanismo e do Meio Ambiente.

Na abordagem a um dos locais, no sábado, os policiais militares foram acionados após denúncia de perturbação do sossego em um bar no bairro Batel. Lá, constataram uma aglomeração de cerca de 100 pessoas. O responsável pelo estabelecimento foi multado em R$ 200 mil pelos agentes municipais e o local fechado. 

Na sexta-feira, em um dos pontos, no bairro Boqueirão, a Aifu localizou uma aglomeração de cerca de 300 pessoas que não usavam máscara facial. O público foi dispersado e o responsável pelo local multado em R$ 200 mil e encaminhado para lavratura do Termo Circunstanciado.

Houve ainda outros pontos de aglomeração na cidade, como ocorreu no bairro São Francisco, no sábado, onde dois bares foram abordados pelos policiais militares e agentes municipais, cada um com um público de cerca de 70 pessoas. Ambos foram fechados e os frequentadores dispersados. 

Um deles foi autuado pelo município em R$ 50 mil por não controlar a capacidade de pessoas e em mais R$ 11.803,46 por desvirtuamento de ramo no alvará (não poderia ter atividade de música), além de mais uma multa de R$ 5 mil por não ter licença ambiental para equipamentos de som. O outro bar também foi autuado pelos órgãos municipais em R$ 10 mil por não controlar o distanciamento social. 

Ainda no sábado, a Aifu também esteve em uma casa noturna no bairro Prado Velho onde havia cerca de 200 pessoas. O estabelecimento foi fechado e autuado pelo município em R$ 100 mil por não controlar o distanciamento e em mais R$ 5 mil por não ter licença ambiental. Já no bairro Boa Vista, um bar foi autuado em R$ 10 mil e dispersado um grupo de 20 pessoas.

LEIA TAMBÉM:

Siga-nos no Instagram para ficar sempre por dentro das notícias:

Veja Também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

X