Governo prorroga toque de recolher até 28 de fevereiro

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Da Redação

blank
Pela quinta vez, governo prorroga toque de recolher. Medidas restritivas valem até 28 de fevereiro. (Foto: Geraldo Bubniak/AEN()

O decreto que estende até o fim do mês a restrição de circulação e o distanciamento social foi assinado nesta quarta-feira (10). O chamado toque de recolher está em vigor desde o início de dezembro de 2020 para conter a propagação do coronavírus e foi prorrogado até 28 de fevereiro. É a quinta vez que o governo adota medidas mais restritivas por conta da situação da pandemia e resposta do sistema de saúde do Paraná.

De acordo com o texto, será mantida a limitação de horário para circulação de pessoas no período noturno, o chamado “toque de recolher”, das 23 horas às 5 horas. Apenas serviços essenciais ficam liberados da restrição. Também permanece a proibição, nesse mesmo horário, da comercialização e do consumo, em vias e espaços públicos, de bebidas alcoólicas.

LEIA TAMBÉM:

Continuam proibidos eventos presenciais e confraternizações que causem aglomeração, com grupos de mais de 25 pessoas, excluídas da contagem crianças de até 14 anos, com exceção dos eventos na modalidade de drive-in. Já as atividades religiosas de qualquer natureza deverão observar as regras e exigências fixadas pela secretaria de saúde.

A fiscalização do cumprimento das medidas é de responsabilidade da secretaria de saúde, por meio da vigilância sanitária, e da secretaria de estado da segurança pública, por meio da polícia militar, em cooperação com as guardas municipais.

O decreto entra em vigor nesta quinta-feira (11). As medidas poderão ser prorrogadas de acordo com o cenário epidemiológico da Covid-19, que avalia a taxa de reprodução do vírus e a capacidade de leitos de UTI exclusivos para o atendimento de pacientes infectados.

Confira o decreto 6828

Siga-nos no Instagram para ficar sempre por dentro das notícias:

Veja Também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

X