DESKTOP

Greca terá uma quarta-feira difícil; empresários prometem procissão em seu gabinete

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Da Redação

blank
Empresários prometem procissão no gabinete de Rafael Greca. (Foto: Rodrigo Fonseca/CMC)

O sempre sorridente e otimista prefeito Rafael Greca não terá uma quarta-feira tranquila. Com a não renovação da quarentena restritiva pelo governo do estado, recaem sobre ele as esperanças de diversos segmentos da economia curitibana para poder voltar a trabalhar. Comércio em geral, shoppings, bares, restaurantes e, principalmente, academias prometem fazer marcação cerrada amanhã na prefeitura, assim que o Palácio 29 de Março abrir. “Vai ter procissão na prefeitura”, disse ao portal uma empresária do setor de academias, até agora um dos mais prejudicados pelos decretos municipais.

O presidente da Abrabar, Fabio Aguayo, que não tem dado trégua para Greca, com sucessivas manifestações a favor da reabertura dos bares e casas noturnas, diz que a prefeitura vai editar um novo decreto nesta quarta-feira (15), no final do dia, com validade de 15 dias. Para evitar um vazio institucional, até o anúncio do novo decreto municipal fica valendo o de número 810/20, que prevê o funcionamento de restaurantes e lanchonetes das 11h às 15h e das 19h às 22h. Bares estão proibidos de funcionar com atendimento presencial.

LEIA TAMBÉM:

Veja Também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

X