Hospital de Clínicas recebe novos equipamentos com apoio da loteria federal Megamania

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Da Redação

blank
As figuras adesivas foram adquiridas por meio do projeto “Humanização da sala de raios X”, que contou com o apoio dos Amigos do HC e recursos da Megamania.(Foto: Divulgação)

O Hospital de Clínicas recebeu diversos equipamentos, materiais, medicamentos e outros insumos dos Amigos do HC em parceria com a loteria federal Megamania. Os recursos foram aplicados em diferentes setores do hospital para melhorar o atendimento aos pacientes. No total foram mais de R$300 mil repassados ao Hospital de Clínicas e usados na modernização dos serviços prestados pelo maior hospital público do Paraná.

Setores beneficiados

O serviço de cirurgia pediátrica recebeu 15 unidades de injeção botulínica, no valor total de R$ 18.390,00, para atender pacientes pediátricos com bexiga neurogênica. A aplicação dessas injeções melhora o quadro clínico e urodinâmico e a qualidade de vida dos pacientes. Os medicamentos foram adquiridos por meio do projeto “Injeção Intravesical de Toxina Botulínica em Crianças com Bexiga Neurogênica”, que contou com o apoio dos Amigos do HC e recursos da Megamania.

O banco de leite humano recebeu duas unidades da bomba de extração de leite materno, no valor total de R$ 43.580,00. O equipamento agiliza o trabalho dos profissionais e reduz o tempo de espera por parte das pacientes.

LEIA TAMBÉM:

A unidade de diagnóstico e imagem recebeu duas mesas de exames clínicos, no valor total de R$ 3.434,32, para atender com mais qualidade mulheres que vão realizar exames de imagem ginecológicos por ultrassom. As mesas foram compradas por meio do projeto “Atenção à saúde da mulher no Serviço de Ultrassonografia”.

Jà os serviços de cirurgia pediátrica e urologia receberam um mini nefroscópio percut NEO, dois ureteroscópios rígidos compostos e um vídeo fibra ureteroscópio digital, no valor total de R$206.447,44, para atender pacientes pediátricos portadores de nefrolitíase com indicação de remoção por nefrolitotomia percutânea.

A unidade de processamento de materiais esterilizados recebeu uma máquina de gravação a laser, no valor total de R$ 34.000,00. Com o aparelho, todas as unidades e pacientes que utilizam materiais odonto-médico hospitalares passíveis de processamento (reutilizáveis) terão 100% dos materiais utilizados com sua rastreabilidade individual garantida conforme exigência da RDC 15 de 15 de março de 2012.

blank
Máquina de gravação a laser, no valor total de R$ 34 mil que será usada na unidade de processamento de materiais esterilizados. (Foto: Divulgação)

A unidade multiprofissional começou a oferecer a terapia por ondas de choque extracorpórea para atender pacientes com diagnóstico de osteoartrose, tendinopatias e outras desordens musculoesqueléticas atendidos no Ambulatório de Fisioterapia Ortopédica. Com o procedimento, os pacientes terão acesso a um tratamento mais eficaz e com menor taxa de complicações. No total, foram repassados R$10.840, para a implementação da terapia.

A unidade de diagnóstico e imagem recebeu figuras adesivas no valor de R$2.300, para decorar e harmonizar as salas de raio X do Hospital de Clínicas. Os adesivos foram colados nas paredes e proporcionam um ambiente mais humanizado, que acalma e acolhe os pacientes atendidos, resultando em exames mais rápidos e de melhor qualidade.

A unidade de terapia intensiva neonatal recebeu 10 máscaras nasal tamanho M, 10 máscaras nasal tamanho G e 10 conectores T para circuito de ventilação mecânica, no valor total de R$13.868,70 que ajudam a reduzir as chances dos recém-nascidos internados desenvolverem lesão nasal e problemas respiratórios.

Os materiais vão reduzir o índice de lesão nasal em recém-nascidos que necessitam de ventilação não invasiva, diminuir o tempo total de oxigenoterapia, reduzir o tempo de internação hospitalar, evitar novas intubações e necessidade de uso de ventilação mecânica invasiva e não invasiva e reduzir riscos de pneumonia associada à ventilação mecânica. Os itens foram adquiridos por meio do projeto “Diminuição do Índice de Lesão Nasal em recém-nascidos internados na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal”, que contou com o apoio dos Amigos do HC e recursos da Megamania.

Siga-nos no Instagram para ficar sempre por dentro das notícias:


Veja Também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

X