Início da vacinação de idosos em Curitiba tem “Parabéns pra você” e muita emoção

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Da Redação

Aos 108 anos, Anna Ribas de Andrade tomou a primeira dose da vacina contra a Covid-19. (Foto: Hully Paiva/SMCS)

Esta quarta-feira (10) foi um dia de vacinação diferente em Curitiba. Se habitualmente são os pais que levam os filhos para se imunizar, hoje foi o contrário: filhos, sobrinhos e netos é que levaram os idosos para tomar a vacina contra a Covid-19. No início da vacinação para os idosos nos 13 pontos preparados pela prefeitura, a imunização dos que já passaram dos 95 anos causou muita emoção, alegria, esperança e trouxe à tona muitas histórias.

Teve quem comemorou duplamente: o dia de se proteger contra a Covid-19 também foi o de festejar mais um ano de vida. Os 102 anos de Terca Miyake teve direito a Parabéns pra você cantado pela equipe da Unidade de Saúde da Ouvidor Pardinho. Os funcionários tiveram que mostrar que estavam afinados: Oliva Malgarida Galvão Artifon comemorou a chegada aos 98 anos com muita animação e agora com ainda mais saúde, segundo sua filha Delse Artifon.

No drive-thru montado no estacionamento do Santuário do Carmo, no Boqueirão, também teve quem recebeu a primeira dose da vacina enquanto comemorava mais um ano de vida: Ilnez Pereira completou 98 anos. “Um presente maravilhoso, o melhor e mais especial que poderia receber para comemorar a vida, a vida que precisa continuar”, disse dona Ilnez.

LEIA TAMBÉM:

2ª Pandemia

Teve daquelas histórias que deixariam o falecido escritor Valêncio Xavier tentado a fazer uma nova versão de seu famoso livro “O mez da gripe”, que relatou a pandemia da gripe espanhola em Curitiba, no início do século passado. É o caso da senhora Anna Ribas de Andrade, 108 anos, que sobreviveu à gripe espanhola. Hoje, ela adicionou mais uma história à lista do seu mais de século de vida: a primeira dose da vacina contra a Covid-19. “Ela acha que está tomando a vacina da gripe espanhola, mas sabe que é importante e é para ao bem dela e de todos”, contou a sobrinha Adelina Andrade de Barros.

No drive-thru do Pavilhão da Cura, no Parque Barigui, Guido da Costa Straube, da família de Guido Straube, que batiza uma das ruas da Vila Izabel, e a esposa, Ady Loyola Straube, lembraram o passado, os 74 anos de casados – tempo suficiente para preparar o casal para estar ainda mais juntos durante este ano de isolamento social.

Momentos para compartilhar

Para muitos que acompanharam os idosos nesta quarta-feira, a vacinação teve uma responsabilidade extra: registrar o momento em foto ou vídeo pelos celulares para que o restante da família pudesse também acompanhar. A foto da centenária Adair Armondes Tristão sendo imunizada no drive-thru do Pavilhão da Cura vai ser compartilhada nas reuniões virtuais entre filhos, sobrinhos, netos e bisnetos espalhados por Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro e Espírito Santo. O responsável pelas fotos foi um dos filhos dela, o representante comercial Fernando da Silva Tristão, 76 anos. “É importante registrar esse momento, depois de um ano de tantos cuidados. No aniversário de 100 anos dela, em setembro, só fizemos uma live. Hoje, teremos outra live para mostrar que ela está segura”, conta Tristão.

Mas a curitibana mais idosa a ser vacinada foi Ana Ribeiro Sicupira, a dona Dedé, de 111 anos. Além da idade avançada, chama a atenção o fato de ser a mãe do ex-jogador e ídolo atleticano Barcímio Sicupira, de 76 anos. Ela recebeu a vacina em casa nesta terça-feira (09). Segundo ele contou ao portal Banda B, ela nem reclamou. “Ela sabe que tem que usa máscara e tem que se vacinar porque tem uma doença lá fora que está pegando todo mundo”, disse o filho, que é comentarista esportivo da rádio Banda B em entrevista ao portal da emissora.

Calendário

Para esta etapa, a previsão da prefeitura de Curitiba é vacinar cinco mil idosos acima de 90 anos na cidade. A estimativa é de que cerca de mil pessoas acima de 95 anos sejam imunizadas. Nesta quarta-feira (10), a vacinação foi para pessoas com 95 anos ou mais. A vacinação segue até sexta-feira (12), com escalonamento: 93 ou mais na quinta-feira (11) e 90 ou mais na sexta.

Siga-nos no Instagram para ficar sempre por dentro das notícias:

Veja Também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

X