Inverno começa nesta segunda com ondas de ar frio e seco, pouca chuva, muito nevoeiro e alguns veranicos

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Da Redação

O inverno deste ano deve ter ondas de frio com poucas chuvas, o que facilita a formação de geadas. Dia 30 de junho a previsão é de zero grau em Curtiiba, segundo o Simepar. (Foto: Daniel Castellano)

Nesta segunda-feira (21) às 0h32 começa oficialmente o inverno. A mínima prevista para Curitiba amanhã é de 10º C e maxima de 14ºC com possibilidade de chuva. De acordo com o Sistema de Tecnologia e Monitoramento Ambiental do Paraná (Simepar), a estação mais gelada do ano terá a primeira onda de frio intenso no dia 30 de junho, quando os termômetros devem marcar zero grau em Curitiba.

Até lá, os curitibanos terão uma semana para procurar os casacos pesados que estavam aposentados nos guarda-roupas, verificarem o estoque de cobertas e encontrarem luvas, cachecóis e toucas perdidas. De acordo com o meteorologista do Simepar Reinaldo Kneibe, o inverno de 2021, que vai de 21 de junho às 16h21 do dia 22 de setembro., terá ar frio e seco, facilitando a formação de geadas.

Podem ocorrer alguns veranicos, períodos de tempo seco e quente mais frequentes a partir da segunda quinzena de agosto. O cenário climático indica que o volume de chuva ficará entre próximo e abaixo da normalidade. A temperatura média deve seguir o padrão típico da estação, em Curitiba e região metropolitana.

Os fenômenos El Niño e La Niña não se manifestam neste inverno. Após influenciar o clima nos últimos meses no Paraná, La Niña dissipou-se sobre o Oceano Pacífico Equatorial. Alguns modelos meteorológicos preveem um repique com fraca intensidade na primavera e no início do verão.

LEIA TAMBÉM:

Julho e agosto são os meses mais secos no Paraná. A partir da segunda quinzena de setembro, começam as alterações no regime de chuvas típico de inverno, com o desenvolvimento de áreas de instabilidade causado pelo aquecimento mais acentuado da atmosfera entre o Centro-Oeste brasileiro e o Paraguai. A estação caracteriza-se ainda pelo ingresso de massas de ar frio e seco no território paranaense, causando quedas bruscas nas temperaturas num intervalo entre 24 e 48 horas. Associado a massas de ar de origem polar, o frio intenso favorece a formação de geadas em boa parte do Estado. Também é comum a ocorrência de nevoeiro.

Alerta geada

Em caso de geada prevista com impacto em culturas sensíveis a baixas temperaturas, o IDR Paraná orienta os agricultores a adotarem medidas para prevenir ou reduzir danos às lavouras. O risco climático é observado nas regiões mais altas do Paraná, no Sul, Centro-Sul, Centro, Campos Gerais e Sul da Grande Curitiba.

Até o final do inverno, o Simepar emite as previsões para todas as regiões por categorias de intensidade – fraca, moderada ou forte – com antecedência de 72, 48 e 24 horas. O serviço Alerta Geada tem espaço dedicado na página www.simepar.br e envia mensagens a usuários cadastrados por meio do aplicativo WhatsApp. Interessados devem inserir o número (43) 3376-2248 nos contatos e enviar a seguinte mensagem: “Quero receber o Alerta Geada”.

Veja aqui como ficam as temperaturas durante toda a semana.

Siga-nos no Instagram para ficar sempre por dentro das notícias:

Veja Também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

X