Jardim Botânico começa a se transformar para o Outubro Rosa

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Da Redação

A cor rosa da espécie boca-de-leão irá predominar na troca das mudas no Jardim Botânico de Curitiba. (Foto: Divulgação)

A semana de temperaturas altas na cidade coincide com mudanças na paisagem do Jardim Botânico de Curitiba. O local deu início às trocas de flores, que acontecem, em média, a cada três meses, de acordo com as estações do ano. Desta vez, estão sendo retirados os amores-perfeitos que aguentaram as frentes frias intensas e plantadas bocas-de-leão e petúnias.

As petúnias rosas também serão plantadas para lembrar do Outubro Rosa, mês dedicado à prevenção da saúde feminina. (Foto: Divulgação)

As equipes ainda devem trabalhar na troca das mudas por mais alguns dias. Ao todo, são plantadas 100 mil. Já o tempo para que elas floresçam e possam ser contempladas pelos visitantes é um pouco maior, lcerca de 15 dias.

Tradicionalmente, a estufa do Jardim Botânico ganha iluminação especial. (Foto: Evandro Carlos Badin)

Outras partes da cidade terão flores na cor da campanha Outubro Rosa. A produção do Horto Municipal do Guabirotuba deve chegar até o mês de outubro aos canteiros da Rua XV de Novembro e da Avenida Manoel Ribas, caminho para o bairro de Santa Felicidade, além dos parques Barigui e Passeio Público.

Campanha

O movimento de sensibilização Outubro Rosa começou nos Estados Unidos na década de 1990 e tem como objetivo alertar, principalmente as mulheres, sobre o diagnóstico precoce do câncer de mama.

De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca), esse é o tipo de câncer mais comum entre as mulheres no Brasil e no mundo.

LEIA TAMBÉM:

Siga-nos no Instagram para ficar sempre por dentro das notícias:


Veja Também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

X