DESKTOP

Karol Conká já tem torcida organizada no BBB21; programa estreia hoje

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Da Redação

blank
Karol Conká tem 35 anos, é cantora e apresentadora, mãe e defensora da diversidade. (Foto: Reprodução Facebook)

A rapper Karol Conká, única curitibana do BBB21, já escolheu os looks que vai usar na casa mais vigiada do Brasil. Ela está em confinamento, aguardando a estreia do programa que começa nesta segunda-feira (25). Pelas redes sociais, Karol publicou um vídeo com um trocadilho divertido. “Entre namastê e namastreta, eu prefiro namastê….mas se rolar uma treta, estamos aí também”.

Ela também revelou preferir a liderança à imunidade no jogo. A cantora e apresentadora mostrou conhecer bem as regras do jogo e está de olho no prêmio R$ 1,5 milhão. Nesta edição existem duas categorias: pipoca e camarote. Como o próprio nome sugere, na categoria camarote estão os famosos da competição. Na pipoca, ficam os ilustres desconhecidos que esperam conquistar o estrelato.

Entre os oponentes da “mamacita”, como se autodenomina, está Fiuk, ator e cantor filho de Fábio Júnior e Glória Pires. Confira a lista completa dos 20 participantes no site oficial do BBB21.

Torcida organizada

Karol já tem vários grupos organizados nas redes sociais, torcendo por ela. Nesta semana ela postou uma foto vestida de ET e pediu “Tem mais ETzinhos aí? Pra fazer esse aqui já chegar imunizado lá na casa do BBB é só correr aqui: http://bit.ly/VoteParaDarImunidadeKarol

blank
Karol Conká promete arrasar nos looks. (Foto: Reprodução Facebook)

LEIA TAMBÉM:

blank
Karol Conka se consagrou como um dos grandes nomes do rap e do movimento feminista do país, fazendo shows no mundo inteiro. (Foto: Reprodução Facebook)

O nome artístico de Karoline dos Santos Oliveira foi inspirado no pai, que sempre falava para ela dizer que seu nome era “Carol com K e não com C”. Foi assim que surgiu Karol Conká. Em sua biografia, ela conta que começou a escrever letras de músicas ainda criança. Aos 17 anos, iniciou a carreira de rapper. Aos 19 ficou grávida e optou por diminuir o ritmo profissional durante 5 anos, até voltar de vez à vida artística. E de lá pra cá, Karol tem colecionado sucessos e premiações.

Entre outros reconhecimentos, seu álbum Ambulantfoi eleito o 34º melhor disco brasileiro de 2018 pela revista Rolling Stone Brasil  e um dos 25 melhores álbuns brasileiros do segundo semestre de 2018 pela Associação Paulista de Críticos de Arte.

Siga-nos no Instagram para ficar sempre por dentro das notícias:

blank

Veja Também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

X