Marghê Pizzeria foge do tradicional com ambiente elegante e pizzas à italiana

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Da Redação

Pizza Margherita, inspiração para o nome da Marghê Pizzaria. (Foto: Divulgação/Club Imagem)

Quem aprecia uma boa pizza acaba de ganhar mais uma opção em Curitiba, a Marghê Pizzeria, no Alto da XV. Tipicamente italianas, as pizzas da casa são feitas com massa de fermentação lenta, que leva 48 horas para ficar pronta, o que garante um sabor digno de agradar aos paladares mais exigentes.

Apaixonado por pizza Margherita, o proprietário, Thomas Luis de Paula, decidiu unir o útil ao agradável e abriu a Marghê, uma pizzaria com ares de bistrô. A decoração é sóbria e elegante. Nada de toalha xadrez nas mesas nem acessórios típicos.

“O curitibano está entre os cinco maiores consumidores de pizza do Brasil, além de ser um dos mais criteriosos”, diz Thomas. Em consumo proporcional à população, Curitiba só fica atrás de São Paulo, a cidade onde mais se consomem pizzas no Brasil. Antes de abrir a casa, ele passou um tempo na Itália estudando o mercado e trouxe alguns conceitos das pizzas de lá. “Usamos os melhores produtos, primando pela excelência, tanto na farinha, como nos tomates, até a massa, que é de fermentação lenta”, acrescenta.

LEIA TAMBÉM:

Ao todo, o cardápio apresenta 30 opções de pizzas, além de burratas e magliones como entradas. A pizzaria não usa ingredientes congelados. Thomas conta que quando o plano de negócios da Marghê estava pronto, em março de 2020, veio a pandemia. Mas a decisão foi seguir em frente. Com isso, as obras, que deveriam durar três meses, acabaram se estendendo por sete meses.

Para se manter até a abertura do salão, agora em setembro, a Marghê recorreu ao delivery nos primeiros meses. A opção foi esperar até que Curitiba tivesse um cenário mais confortável de vacinação, sem medidas restritivas tão pesadas, para inaugurar o espaço. O salão tem mesas com espaçamento de 1,5m e capacidade para 56 clientes, sendo 36 na área interna e 20 no deck externo.

Decoração

Na decoração do espaço, a adega tem prateleiras de acrílico que mudam de cor, conferindo diferentes tonalidades às bebidas de quem senta na ampla mesa redonda próxima. (Foto: Divulgação/Club Imagem)

A decoração da Marghê é uma atração à parte. As cores estão por todo o ambiente, desde o laranja, que se destaca na parte externa, até o forno com pastilhas coloridas que rouba os olhares de quem entra. “A pizza é uma forma de arte, então trouxemos esse conceito, que aparece na nossa decoração e também é muito marcante nas nossas pizzas”, afirma o empresário.

A adega tem prateleiras de acrílico que mudam de cor, conferindo diferentes tonalidades às bebidas de quem senta na ampla mesa redonda próxima. Até mesmo os banheiros têm uma decoração descontraída, cujas portas imitam cartas de baralho, com o rei e a rainha estampados.

Azulejos, lustres, a lenha exposta no balcão, os sofás, todo o mobiliário é conceitual e moderno. Obra da arquiteta Emily Trapp, responsável por dar à Marghê a cara que ela tem, de uma pizzaria que veio para fazer a diferença. E não apenas para ser mais uma em um mercado tão exigente como o curitibano.

Detalhe da decoração da Marghê Pizzeria. (Foto: Divulgação/Club Imagem)
Pizza de burrata verde. (Foto: Divulgação/Club Imagem)


Serviço
Marghê Pizzeria
Endereço: Rua Camões, 354 – Alto da XV
Horário de funcionamento: Terça a Domingo, das 18h às 23h
Contato: (41) 3501-9705

Siga-nos no Instagram para ficar sempre por dentro das notícias:

Veja Também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

X