Maringá e Pato Branco terão primeiras lojas sustentáveis do Boticário no Paraná, feitas de plástico reciclado

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Da Redação

loja sustentável do Boticário
A pop up do Boticário do Parque Ibirapuera usa plástico industrial reciclado em seu interior. (Foto: Divulgação)

O Paraná terá duas lojas pop up sustentáveis iguais à inaugurada no último dia 19 no Parque Ibirapuera, em São Paulo. As cidades escolhidas são Maringá, no dia 5 de dezembro, e Pato Branco, no dia 7. O projeto inédito chega para revolucionar a experiência de varejo tecnológico – atendendo aos códigos contemporâneos de consumo voltados para a sustentabilidade – e ainda faz um convite muito especial para as pessoas: adotar o descarte adequado de embalagens, contribuindo com a reciclagem e o futuro do planeta.

De acordo com a empresa paranaense, a iniciativa faz parte do compromisso definitivo que o Boticário vem firmando com a sociedade e o meio ambiente há décadas. O novo espaço da marca tem 47,5m² e é feito de plástico reciclado (paredes e piso). A ideia foi concebida a partir de uma provocação da marca por novos modelos de estabelecimentos. De início, foi avaliada a possibilidade de utilizar contêineres marítimos em estacionamentos.

Boticário do Parque Ibirapuera
O plástico reciclado está presente no piso e no teto da loja. (Foto: Divulgação)

As pop ups são uma parceria da marca e da Urbia Gestão de Parques, concessionária que administra o Parque Ibirapuera desde 20 de outubro deste ano. “Essa é uma das primeiras parceiras da Urbia. A ação agrega uma atividade e mensagens alinhadas ao propósito de deixarmos um legado e contribuirmos com o entendimento de que somos todos parte e dependemos da natureza. A sustentabilidade é o caminho viável”, diz Samuel Lloyd, diretor da Urbia.

O projeto exigiu desenvolvimento de tecnologias para reuso de resíduos plásticos gerados pela indústria para a geração de matéria-prima segura e adequada às aplicações construtivas. O modelo foi avaliado pelo Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar), seguindo todo o protocolo de segurança que uma loja deve ter.

LEIA TAMBÉM:

Além da loja do Parque Ibirapuera e das duas no Paraná, O Boticário pretende abrir mais três em São Paulo, duas no Rio Grande do Sul e uma no Ceará. Com o lançamento da primeira unidade e o reforço da mensagem “Boti Recicla – você retorna, Boti Recicla e transforma”, a marca sela o compromisso em gerar impacto positivo na vida das pessoas e no planeta. “Por meio de um ciclo sustentável, o Boticário vai além, devolvendo para a sociedade, com o suporte dela”, avalia Alexandre Bouza, diretor de O Boticário.

Criado em 2006, Boti Recicla é atualmente o maior programa de logística reversa em pontos de coleta do país, com quase 4 mil pontos espalhados em 1.750 cidades brasileiras. Nos bastidores, toda a rede de franqueados e força de vendas atuam em prol de um benefício coletivo, com cerca de 20 cooperativas homologadas e transportadoras parceiras.

loja sustentável do Boticário
Criado em 2006, Boti Recicla é atualmente o maior programa de logística reversa em pontos de coleta do país. (Foto: Divulgação)

Siga-nos no Instagram para ficar sempre por dentro das notícias:

Veja Também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

X