Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, abre congresso de cardiologia em Curitiba, cidade onde o coração mata muita gente

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Da Redação

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, que estará amanhã em Curitiba. (Foto: Reprodução Congressos em Foco/Isabella Macedo)

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, participará da abertura do 46º Congresso Paranaense de Cardiologia e Encontro Internacional de Cardiologia, nesta quinta-feira (8), às 17h30, no Teatro Positivo – Grande Auditório. Ele dará a palestra “Desafios e oportunidades do Ministério da Saúde para a redução da mortalidade cardiovascular no Brasil e aumento da expectativa de vida”. O evento é promovido pela Sociedade Paranaense de Cardiologia e reunirá, até sábado (10), 150 especialistas, 32 deles do exterior, no centro de convenções ExpoUnimed da Universidade Positivo. Os dois encontros têm como objetivo discutir estratégias de redução de mortalidade cardíaca prematura.

Entre os participantes do exterior está o renomado cardiologista paranaense Tirone David, radicado há anos no Canadá, e conhecido pela criação da técnica de David. Também estará presente o presidente eleito da Sociedade Brasileira de Cardiologia, Marcelo Queiroga. As doenças cardiovasculares são a principal causa de morte no Brasil. Em 2017, segundo o The Institute for Health Metrics and Evaluation (IHME), a doença cardíaca isquêmica foi responsável por 24,5% das mortes, sendo também a causa do maior número de mortes não violentas entre a população com menos de 70 anos – quando é considerada prematura, correspondendo a 10,9% nessa parcela da população.

Curitiba aparece com destaque entre as cidades com maior incidência neste tipo de morte. As doenças cardiovasculares (que incluem as doenças cardíacas isquêmicas) aparecem como principal causa de morte em todas as idades, representando 28,2% dos óbitos em 2016, de acordo com o estudo “Perfil da Mortalidade por Doença Cardiovascular na população de Curitiba: série histórica de 20 anos (1996 a 2016)”, da Secretaria Municipal da Saúde.

Veja Também

1 comentário em “Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, abre congresso de cardiologia em Curitiba, cidade onde o coração mata muita gente”

  1. When I originally commented I clicked the -Notify me when new comments are added- checkbox and now each time a comment is added I get four emails with the same comment. Is there any way you can remove me from that service? Thanks!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

X