Mondelēz Brasil doa equipamentos de combate à Covid-19 ao Paraná

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Da Redação

A Mondelēz Brasil entregou kits de proteção para a Defesa Civil do estado. (Foto: Geraldo Bubniak/AEN)

A Mondelēz Brasil, detentora de marcas como Lacta, Bis, Oreo, Club Social, Trident, Halls, Tang, entre outras, doará ao governo do Paraná 180 mil máscaras, 1.750 testes rápidos de Covid-19 e 28 monitores para Unidades de Terapia Intensiva. Parte dos materiais foi retirada nesta quarta-feira (24) na sede da empresa, em Curitiba, e entregue à Defesa Civil do estado. Essa é a segunda grande rodada de doações que a empresa realiza em um ano ao Paraná. Em 2020 foram enviados testes rápidos de Covid e máscaras de proteção, além de alimentos aos profissionais de saúde que estão na linha de frente ao combate da Covid-19 e alimentos para atender famílias em situação de vulnerabilidade social.

LEIA TAMBÉM:

O investimento ultrapassa R$ 500 mil. “Sabemos da nossa responsabilidade social com a população paranaense e queremos ajudar nesse momento tão difícil que a sociedade enfrenta, por isso, desde o ano passado estamos realizando doações que impactam diretamente tanto a vida dos paranaenses quanto dos profissionais de saúde”, disse Maria Claudia Souza, diretora de Assuntos Corporativos e Governamentais da Mondelēz Brasil.

As doações feitas pela Mondelēz Brasil ultrapassam R$ 500 mil. (Foto: Geraldo Bubniak/AEN)

O governador Ratinho Jr. declarou que a Mondelēz Brasil dá um grande exemplo para ajudar os paranaenses nesse momento delicado. O secretário estadual de saúde, Beto Preto, também comentou a ação. Segundo ele, os monitores auxiliarão na estratégia de abertura de novos leitos de UTI.

Além de participar ativamente no combate do coronavírus, a Mondelēz Brasil se mantém ativa nas doações de alimentos. Em 2020, foram 39,9 toneladas, o equivalente a R$ 880 mil para o Paraná.

Siga-nos no Instagram para ficar sempre por dentro das notícias:


Veja Também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

X