Mônica Martelli volta a Curitiba para falar das agruras da vida conjugal em nova comédia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Reinaldo Bessa

[masterslider id=”252″]

A atriz Mônica Martelli retorna a Curitiba no dia 15 deste mês com a comédia Minha Vida em Marte, no Guairão. O espetáculo, de sua autoria e direção de Susana Garcia (sua irmã), é a continuação do grande sucesso, que também virou filme, Os Homens São de Marte… E é pra Lá que eu Vou. As vendas já estão abertas no site do DiskIngressos e na bilheteria do Teatro Guaíra. A peça estreou em maio de 2017 no Rio de Janeiro com sucesso de crítica e público. De lá para cá, a atriz e autora comprovou o fôlego de seu personagem, sempre com sessões esgotadas e direito à fila de espera – foram mais de 50 mil espectadores em nove meses e cinco indicações a prêmios.

Minha Vida em Marte é a continuação da saga de Fernanda, personagem que surgiu pela primeira vez no teatro em 2005, quando Mônica Martelli lançou a comédia Os Homens São de Marte… E é pra Lá que eu Vou sem imaginar o sucesso que a peça protagonizada e escrita por ela alcançaria. A atriz diz que tampouco esperava a reviravolta que a personagem que criou para falar de amor e discutir o empoderamento feminino (muito antes de a expressão virar moda) faria em sua trajetória pessoal. Então com 36 anos, ela viu o espetáculo tornar-se um sucesso sem precedentes ao alcançar mais de 2,5 milhões de espectadores e dar origem a um longa homônimo – que atraiu  mais de 2 milhões pessoas  aos cinemas – e a uma série televisiva com o mesmo título que já está em sua terceira temporada no GNT.

Hoje, aos 48 anos, Mônica repete o sucesso de sua peça precursora. O novo espetáculo traz de volta Fernanda, agora com 45 anos, à procura de respostas para a sobrevivência conjugal. “Demorei para fazer esta peça porque sei que só é possível falar com propriedade sobre um assunto quando se consegue olhar para ele com distanciamento”, resume a atriz e autora que, tal qual sua personagem, conhece a fundo a dor da separação. Tendo como base suas próprias experiências, Monica leva ao palco um monólogo bem-humorado que aproxima através do riso e leva homens e mulheres à reflexão. E assim a atriz se firma como uma das autoras brasileiras que melhor traduzem o comportamento feminino moderno.

Veja Também

10 comentários em “Mônica Martelli volta a Curitiba para falar das agruras da vida conjugal em nova comédia”

  1. Avatar

    Hey! I realize this is somewhat off-topic but I needed to ask.

    Does managing a well-established blog like yours
    require a large amount of work? I’m brand new to blogging however I do write in my journal every day.
    I’d like to start a blog so I will be able to share my own experience and feelings online.

    Please let me know if you have any kind of ideas or
    tips for brand new aspiring bloggers. Thankyou!

  2. Avatar

    What’s Taking place i’m new to this, I stumbled upon this I’ve discovered It absolutely
    useful and it has helped me out loads. I hope to give a contribution & help other customers like its helped
    me. Great job.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

X