Morre o jornalista Cícero Cattani, com passagens pela Última Hora e Diário do Paraná

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Da Redação

Cícero Cattani tinha 81 anos e faleceu no Hospital Nossa Senhora das Graças, em Curitiba. (Foto: Divulgação)

O jornalista Cícero do Amaral Cattani morreu neste domingo (10), aos 81 anos, no Hospital Nossa Senhora das Graças, em Curitiba. A causa da morte, segundo a família, foi devido ao agravamento de doenças crônicas. Gaúcho de Santiago, ele começou a carreira no diário carioca Última Hora, a convite de Samuel Wainer. Depois, passou por diversas redações, entre elas O Estado do Paraná, Diário do Paraná e Correio de Notícias, do qual se tornaria proprietário mais tarde. Também atuou como assessor de comunicação de diversos órgãos públicos.

LEIA TAMBÉM:

Com a venda do Correio, na década de 1990, fundou o tabloide Hora H, que também tinha uma versão online, pioneira na época. Além disso, participou de campanhas eleitorais. Nos últimos anos, mantinha um blog. Cícero deixou a mulher, Carmen, também jornalista, e os filhos Cícero Eduardo, Carolina e Bianca, três netas, um neto e uma bisneta.

O velório está sendo realizado nesta segunda-feira das 8h às 12h, na Capela Esmeralda do crematório Vaticano, na Rua Desembargador Hugo Simas, no Bom Retiro.

Siga-nos no Instagram para ficar sempre por dentro das notícias:

Veja Também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

X