Municípios definem cronograma de consórcio para imunização contra a Covid-19

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Da Redação

A descentralização das importações daria mais autonomia aos gestores municipais, que não dependeriam exclusivamente do governo federal. (Foto: Divulgação)

Curitiba faz parte de um grande consórcio formado por várias cidades brasileiras interessadas em comprar vacinas contra a Covid-19. O grupo formalizou a união durante o encontro da Frente Nacional dos Prefeitos, nesta segunda-feira (1) e definiu um cronograma para as ações. Agora, cada município participante deve elaborar um projeto de lei que permita a participação conjunta na compra dos imunizantes, e enviar para aprovação até dia 19 de março.

A expectativa é que o consórcio seja formalizado em assembleia no próximo dia 22 de março. O cronograma foi apresentado em reunião virtual com participação de 300 cidades, incluindo representantes de pelo menos 15 capitais. As prefeituras terão até a próxima sexta-feira (5) para manifestar por meio de um formulário, o interesse no consórcio. Na sequência, terão acesso ao protocolo de intenções e à minuta do projeto de lei que será enviado para apreciação dos vereadores em suas respectivas cidades.

LEIA TAMBÉM:

A ideia principal é agilizar a compra de imunizantes para dar conta da demanda e acelerar o processo de vacinação, que hoje depende exclusivamente do abastecimento feito pelo governo federal. A descentralização das importações daria mais autonomia aos gestores municipais. E de acordo com o presidente da Frente Nacional dos Prefeitos, Jonas Donizette, evitaria a competição entre as cidades.

A intenção é aproveitar a expertise de cidades que têm sido protagonistas nas tratativas com os laboratórios, como é o caso de Curitiba. O objetivo é priorizar contatos com laboratórios que ainda não têm contrato com o governo federal para o plano nacional de imunização. Atualmente, no mundo, há dez vacinas aprovadas e mais de 256 em fase de testes. São 74 em desenvolvimento clínico e 182 em fase pré-clinica. A intenção é que esse consórcio possa atuar também no médio e longo prazo.

Siga-nos no Instagram para ficar sempre por dentro das notícias:

Veja Também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

X