Padre Julio Lancellotti critica Rafael Greca por mandar abençoar armas da Guarda Municipal de Curitiba

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Da Redação

Foto reproduzida do instagram oficial do prefeito de Curitiba Rafael Greca

A benção das novas armas da Guarda Municipal de Curitiba, a pedido do prefeito Rafael Greca, realizada na última terça-feira (18), causou polêmica nas redes sociais. “Seja pela força e pela graça de Deus protegido todo esse armamento, mas mais sendo protegidos aqueles que vão empunhá-lo para que jamais incorram em erro de pessoa ou em erro de ação. É o humanismo que preside, inclusive, uma entrega de armas”, discursou Greca antes de as pistolas serem abençoadas pelo capelão da Guarda Municipal, Marcos Daniel de Camargo.

Além de elogios, a atitude recebeu também muitas críticas. Uma delas foi do padre Julio Lancellotti, que coordena a Pastoral do Povo de Rua, em São Paulo.“Pensei que isso só acontecesse na Idade Média e em regimes totalitários que manipularam as religiões”, divulgou o padre nesta quinta-feira (20) em seu Instagram juntamente com a foto do ato da benção que tem o prefeito Rafael Greca, o vice Eduardo Pimentel e o capelão que deu a bênção às armas.

A repercussão negativa do ato levou o prefeito a excluir o post publicado em seu instagram.

Siga-nos no Instagram para ficar sempre por dentro das notícias:

Veja Também

4 comentários em “Padre Julio Lancellotti critica Rafael Greca por mandar abençoar armas da Guarda Municipal de Curitiba”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

X