DESKTOP

Paraná é o terceiro do Brasil na geração de empregos; estado criou 33 mil novas vagas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Da Redação

blank
Cooperativa C Vale, Industria de Aves e Tilapia. (Foto: Jonathan Campos/AEN)

No mês de outubro, o Paraná teve o terceiro melhor resultado do país em volume de carteiras assinadas, abrindo 33.008 vagas formais de trabalho. Esses números foram os melhores do ano, com crescimento de quase 70% em relação a setembro, que teve 19.578 novas vagas. A pandemia fechou cerca de 100 mil postos de trabalho no estado e, mesmo assim, foi o quinto mês seguido de alta nas contratações.

O saldo de vagas abertas de janeiro a outubro já é de 33.615 novos empregos. O balanço foi divulgado nesta quinta-feira (26) pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério da Economia, e os resultados também representam mais de 8% dos 394.989 empregos gerados em todo o território nacional no mês passado.

Serviços (12.391), comércio (9.423), indústria (8.452) e construção civil (3.074) foram os setores que criaram mais vagas e as áreas da comunicação, informação, atividades financeiras, imobiliárias, profissionais e administrativas mostraram um destaque positivo. Para o governador Ratinho Jr., os números são reflexo da estratégia do governo de valorizar a produção local e investir em obras estruturantes como base da recuperação de empregos. Ele acrescentou que os números espelham o crescimento que o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) havia constatado em setembro na indústria (7,7%), no comércio (2,6%), no turismo (11,7%) e em serviços (1,2%).

blank
Moda infantil, Confecção Sonho Magico. (Foto: Jonathan Campos/AEN)

“Estamos buscando investimentos junto ao setor produtivo, facilitando o acesso ao crédito e estimulando ainda mais o empreendedorismo com programas de desburocratização. Este é o melhor programa social que existe e aquele que conforta as famílias”, afirmou. Todas as 25 maiores cidades paranaenses registraram saldos positivos.

O secretário da Justiça, Família e Trabalho do Paraná, Ney Leprevost, afirma que os resultados são uma reação positiva às ações do governo para atrair novos investimentos. O resultado de outubro fez com que o Paraná recuperasse definitivamente as perdas de março, abril e maio. Em nível nacional, a economia brasileira gerou 394.989 empregos com carteira assinada em outubro.

De acordo com o Ministério da Economia, o número de empregos formais criados em outubro de 2020 é o maior da série histórica do Caged, que começou em 1992. Foi o quarto mês seguido em que as contratações superaram as demissões.

Confira os municípios que mais geraram empregos:

  • Curitiba (11.704)
  • Ponta Grossa (1.771)
  • Maringá (1.413)
  • Londrina (1.256)
  • Cascavel (929)
  • Foz do Iguaçu (723)
  • Toledo (597)
  • São José dos Pinhais (546)
  • Pinhais (504)
  • Apucarana (502)

LEIA TAMBÉM:

Siga-nos no Instagram para ficar sempre por dentro das notícias:

Veja Também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

X