Paraná é vice-campeão nacional de reclamações ao Procon; operadoras de telefonia são as mais citadas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Reinaldo Bessa

Operadoras de telefonia são o principal motivo de reclamações. (Foto: Freepik)

O Paraná é o segundo estado com o maior número de reclamações de abusos por parte de fornecedores de bens e serviços proporcionalmente à sua população, com aproximadamente 200 mil atendimentos registrados pela plataforma consumidor.gov.br desde seu lançamento no estado, em 2014. Apenas o Distrito Federal tem mais queixas. Os dados são do Procon-PR e foram divulgados nesta terça-feira (6). De janeiro a junho deste ano, foram registradas 45.256 reclamações, 35% a mais na comparação com o mesmo período do ano passado. As cinco empresas que mais foram alvo de queixas dos consumidores paranaenses são operadoras de telefonia que, juntas, respondem por 40% das reclamações.

A plataforma é um serviço oferecido pelo Procon estadual que permite ao consumidor reclamar pelo computador ou smartphone e possibilita o contato direto entre clientes e fornecedores sob a supervisão do órgão. Desde 2014 já contabiliza dois milhões de registros. A chefe do Procon-PR, Claudia Silvano, diz que a ferramenta é simples de usar e está disponível em todo o estado, bastando que o consumidor tenha acesso à internet. Mas ela lembra que o órgão, que é vinculado à Secretaria de Justiça, Família e Trabalho do Paraná, também faz atendimentos por telefone, e-mail e pessoalmente.

Veja Também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

X