Curitiba monitora passageiros vindos do exterior para evitar nova variante do coronavírus

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Da Redação

Passageiros vindos da África do Sul, Botsuana, Eswatini, Lesoto, Namíbia, Zimbábue, Angola, Malawi, Moçambique e Zâmbia devem procurar a Secretaria de Saúde em Curitiba (Foto: Infraero)

O Centro de Epidemiologia da Secretaria Municipal de Saúde de Curitiba faz um alerta aos passageiros que tenham desembarcado em Curitiba nos últimos sete dias, vindos de outros países. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recomendou medidas de restrição para voos procedentes da África do Sul, Botsuana, Eswatini, Lesoto, Namíbia, Zimbábue, Angola, Malawi, Moçambique e Zâmbia, devido à disseminação da nova variante do coronavírus ômicron.

A recomendação é que essas pessoas permaneçam em quarentena por 14 dias. Além disso, explica a infectologista Marion Burger, todas devem entrar em contato com a Secretaria Municipal de Saúde pelo telefone 3350-9000. As equipes de vigilância do município farão o monitoramento das condições de saúde desses viajantes.

Segundo Marion, tanto essas pessoas quanto aquelas com quem elas tiveram contato em Curitiba serão submetidas a testes de Covid-19 durante o período da quarentena.

LEIA TAMBÉM:

Siga-nos no Instagram para ficar sempre por dentro das notícias:

Veja Também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

X