DESKTOP

Patrulhamento com bicicletas aproxima policiais da população no Litoral

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Da Redação

ciclopatrulhamento paraná
O ciclopatrulhamento foi uma das modalidades de policiamento aplicadas como reforço durante o Verão Consciente 2020/2021, no litoral do estado, assim como já ocorre há alguns anos. (Foto: Divulgação/SESP-PR)

No lugar de viaturas ou motos, bicicletas. O patrulhamento com as magrelas foi uma das modalidades aplicadas como reforço durante a operação Verão Consciente 2020/2021, no Litoral do estado, como em outros anos. Turistas e moradores das cidades de Guaratuba, Matinhos e Pontal do Paraná, além da Ilha do Mel, estiveram mais próximos dos policiais em locais que, para viaturas convencionais, o acesso não é possível. A presença das “bicicletas viaturas” nas praias, orlas e ruas do litoral paranaense foi percebida como algo positivo principalmente pelos comerciantes da região. “Foi essencial poder contar com esse policiamento, de um jeito diferente do que estamos acostumados. Eu tenho a plena certeza de que o ciclopatrulhamento aumentou a segurança para nós que trabalhamos durante a temporada”, avalia Maurício Von Zuben, o comerciante do centro de Matinhos.

Antes de começar o trabalho de ciclopatrulhamento, os PMs passaram por capacitação sobre abordagens e outras técnicas policiais sobre duas rodas. Essa modalidade de policiamento preventivo já ocorre em algumas cidades do estado, como Londrina e Maringá. Além de nivelamento teórico, os policiais militares passaram por exercícios práticos para desempenhar a atividade durante a operação Verão Consciente. Eles aprenderam sobre os cuidados com a bicicleta, a postura correta e a regulagem do banco. Também exercitaram abordagens, receberam dicas sobre a condução e frenagem, técnicas de tiro policial com bicicleta padronizando condutas.
“O ciclopatrulhamento é muito eficaz, pois é focado no policiamento de proximidade com o cidadão, com ações voltadas para atender a população de maneira preventiva”, explica o major Marcos Tordoro, que é especialista no ciclopatrulhamento e aplicou a capacitação aos policiais militares que atuam na modalidade.

LEIA TAMBÉM:

De acordo com o soldado Alisson Almeida da Silva, que atua nesse tipo de policiamento a bicicleta é um diferencial importante para o reforço policial. “Na operação verão, essa modalidade de trabalho permite maior proximidade com o cidadão. Quando uma pessoa encontra um policial pode passar alguma informação importante e, principalmente, com a bicicleta conseguimos chegar em locais, como a própria areia da praia, onde demais viaturas não conseguem”, explica.

Siga-nos no Instagram para ficar sempre por dentro das notícias:

Veja Também

blank

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

blank
X