Polícia Civil prende suspeito de tentar matar homem a tiros após discussão no trânsito em Curitiba

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Da Redação

Armas apreendidas na casa do suspeito.. (Foto: Divulgação/PCPR)

A Polícia Civil do Paraná prendeu o suspeito de tentar matar um homem de 34 anos, após discussão no trânsito na última sexta-feira (2). O mandado de prisão temporária foi cumprido na manhã desta quinta-feira (8), no bairro Pinheirinho, em Curitiba.

Os policiais também cumpriram três mandados de busca e apreensão, na capital e em Araucária, na região metropolitana. Uma pistola e um revólver do acusado foram apreendidos. Ele ainda foi autuado em flagrante por posse de arma de fogo, pois o revólver não tinha registro.

A tentativa de homicídio ocorreu começou na Avenida República Argentina, no Portão, por volta das 23h20. A vítima estava parada no semáforo atrás do veículo do suspeito, um Land Rover Evoque branco. Como o sinal abriu e ele continuou parado durante algum tempo, o condutor do segundo carro, um Fusion preto, buzinou algumas vezes.

O suspeito passou a discutir com a vítima. Não satisfeito, sacou uma pistola e começou a atirar no outro condutor, que fugiu com seu carro, sendo perseguido por aproximadamente 10 minutos.

Durante a perseguição, o suspeito continuou atirando em direção ao carro da vítima. Segundo a polícia, isto colocou em risco várias pessoas que estavam em outros veículos e pedestres, que chegaram a se jogar ao chão para se proteger dos disparos.

O carro da vítima levou cerca de 10 tiros. Um dos disparos acertou o encosto de cabeça do banco do motorista, que por pouco não foi atingido.

Confira alguns registros do caso:

Policiais civis no momento da apreensão na casa do suspeito no bairro Pinheirinho. (Vídeo: Divulgação/PCPR)
(Vídeo: Divulgação/PCPR)
(Vídeo: Divulgação/PCPR)

LEIA TAMBÉM:

(Vídeo: Divulgação/PCPR)

Siga-nos no Instagram para ficar sempre por dentro das notícias:

Veja Também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

X