Ponta da Pita, em Antonina é único ponto impróprio para banho

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Da Redação

blank
A Praia da Pita tem uma extensão de areia de 200 metros e fica na Baía de Antonina. Foto: Erly Ricci)

O oitavo boletim de balneabilidade, divulgado nesta sexta-feira (5) pelo Instituto Água e Terra (IAT), demonstra que quase todos os pontos monitorados no Paraná estão aptos para serem utilizados para recreação, exceto Ponta da Pita, em Antonina, e os dez rios permanentes impróprios no Litoral.  Os pontos monitorados ficam em Guaratuba, Matinhos, Pontal do Paraná, Ilha do Mel, Morretes e Antonina. O boletim também aponta dez rios, canais e galerias considerados permanentemente impróprios para banho no Litoral, independentemente da época do ano. Eles estão indicados em letras maiúsculas no boletim.

LEIA TAMBÉM:

As praias artificiais de água doce no interior apresentam condições apropriadas para os banhistas. Esse é penúltimo boletim da temporada de verão e tem validade até o dia 11 de fevereiro. O último sairá na semana que vem, dia 12.

blank
A qualidade da água no litoral paranaense é monitorada pelo Instituto de Água e Terra. (Foto: Divulgação)

Monitore a qualidade da água

 O novo aplicativo para sistema Android “Balneabilidade Estado do Paraná” auxilia os veranistas, de maneira prática e dinâmica, na identificação dos pontos impróprios. Os boletins também podem ser acessados no site do Instituto Água e Terra  ou no link do Verão Consciente.

Cada ponto monitorado possui uma bandeira indicando se o local está próprio ou impróprio para banho. Elas são atualizadas às sextas-feiras, após resultado do novo boletim. A sinalização refere-se à condição da água a 100 metros à direita e à esquerda de cada bandeira. A cor azul indica que a água apresenta boas condições de balneabilidade em qualquer condição climática e a vermelha representa áreas inadequadas para banho.

Siga-nos no Instagram para ficar sempre por dentro das notícias:

Veja Também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

X