Posicionamento antinegacionista de bares de Curitiba é destaque no jornal britânico The Guardian

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Da Redação

Cosmos G/astrobar, no Batel, foi um dos destaques da matéria no no site do jornal britânico The Guardian (Imagem: Reprodução)

A polarização política não é exclusividade do Brasil. Outros países também estão atentos a esse fenômeno, que acaba invadindo o dia a dia das pessoas em suas casas, relacionamentos e até nos locais que frequentam – caso de bares e restaurantes. E por conta disso dois bares de Curitiba – o Cosmos G/astrobar, no Batel, e o Bek’s Bar, no Água Verde – foram destaques, na quinta-feira (06), no site do jornal britânico The Guardian, um dos mais conhecidos no mundo, em matéria assinada pelo jornalista Tom Phillips.

Com o advento da Covid-19, o Cosmos G/astrobar se adaptou às exigências sanitárias, adotando o lockdown e o delivery e trazendo inovações ao cardápio, o que rendeu bons frutos, inclusive com destaque no Prêmio Bom Gourmet 2021, da Gazeta do Povo, entre os bares que se reinventaram durante a pandemia.

Com a situação social se deteriorando, em outubro do ano passado o bar ganhou em sua fachada uma placa com os dizeres “Fora Bolsonaro, Dentro Só Vacinado”, “#passaportedavacinasim” e “Entrada apenas de pessoas vacinadas com a 1ª ou 2ª dose. Favor não ser negacionista”. Jana Santos, 32, uma das sócias, lembra que recebeu muito apoio, mas também uma chuva de críticas, inclusive com gente dizendo que isso traria o fim do estabelecimento. Mas os proprietários resistiram à pressão e mantiveram o aviso.

Agora, com a divulgação no The Guardian, Jana se diz surpresa com a repercussão. “Tem muita gente nos parabenizando e pessoas de fora dizendo que querem vir a Curitiba para nos conhecer. Estamos muito honrados por nosso posicionamento ter chegado tão longe, que é o de representar pessoas com pensamento humano. Acreditamos que a vida vem em primeiro lugar, que é preciso que todos continuem a se cuidar e a demandar ações dos nossos governos. Quando colocamos a placa, não queríamos causar polêmica, mas dar um grito de desabafo com a comunidade, mostrando que não aguentávamos mais, que queríamos esse presidente fora, pois o que ele vem fazendo com nossa vida não é brincadeira, não comprando vacinas, se envolvendo em escândalos de corrupção na compra dos imunizantes e debochando de quem fica doente e desta doença que já matou tanta gente”, afirma.

LEIA TAMBÉM:

Outro estabelecimento curitibano que vai na mesma linha, o Bek’s Bar, também foi citado na reportagem. Sua proprietária, Giovanna Lima, 33, também é contra o presidente da República e suas políticas, e faz questão de deixar isso bem claro na ambientação do local e nos pacotes de delivery, que normalmente vão com mensagens contra o mandatário do país.

Siga-nos no Instagram para ficar sempre por dentro das notícias:

Veja Também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

X