DESKTOP

Prefeitura lança auxílio alimentar para 35 mil famílias vulneráveis de Curitiba

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Da Redação

auxilio-alimentar-curitiba
Neuci Helen de Andrade (ao centro), moradora da Caximba, representando as famílias que serão beneficiadas com o auxílio alimentar no valor de R$ 70. (Foto: Pedro Ribas/SMCS)

A Prefeitura lançou nesta terça-feira (13), um auxílio alimentar no valor mensal de R$ 70 para 35 mil famílias em situação de extrema pobreza e risco social em Curitiba. O valor deve ser utilizado para adquirir alimentos nos Armazéns da Família. O crédito alimentar será oferecido inicialmente por três meses, podendo ser estendido por mais 90 dias. Em seis meses, a distribuição poderá chegar a 210 mil beneficiados de famílias inscritas no Cadastro Único da prefeitura. 

O auxílio alimentar começou a ser disponibilizado nesta terça-feira (13) e as famílias estão sendo comunicadas pelos Centro de Referência da Assistência Social. A iniciativa é uma ação conjunta do município com a Secretaria Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional, a Fundação de Ação Social e a Secretaria Municipal de Finanças. O custo por seis meses do programa é de R$ 12,6 milhões, bancado com recursos próprios. Caso haja famílias que ainda não fazem parte do CadÚnico, mas precisam do auxilio alimentar, elas devem procurar o Cras da sua região para se inscrever (confira os endereços).

Armazéns

As 35 mil famílias beneficiadas devem adquirir os alimentos com o crédito em uma das 34 lojas do programa Armazém da Família (veja os endereços). Quem tiver direito ao benefício será inscrito no sistema dos armazéns com base na relação encaminhada pela FAS por meio do Cras. Para comprar os alimentos, um responsável da família precisará levar o CPF e um documento com foto. O crédito terá validade por 30 dias, a partir da data do seu carregamento.

LEIA TAMBÉM:

Alimentos disponíveis

Com os R$ 70 do auxílio alimentar é possível adquirir, por exemplo, uma cesta básica com 1kg de açúcar, 1kg de arroz branco tipo 1, 500g de café a vácuo, um sache de 340g de molho de tomate, 1kg de farinha de mandioca, 1kg de farinha de trigo, 1kg de feijão preto, 1 litro de leite integral, 500g de espaguete, um dúzia de ovos tipo grande, 1kg de sal refinado, 500g de canjiquinha (quirera fina) e 1 óleo de soja 900ml. Com o crédito também será possível comprar itens de higiene e limpeza. Os itens para compra são inteiramente de escolha do beneficiado.

Serviço:
Pelo telefone (41) 3350 3890, da Central de Cadastro dos Armazéns da Família, também é possível obter informações sobre o auxílio e se o cidadão tem direito ao benefício.

Siga-nos no Instagram para ficar sempre por dentro das notícias:

Veja Também

blank

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

blank
X