Primeiro brasileiro a vencer o Tony Award, Paulo Szot foi a estrela do Grande Concerto de Natal de Curitiba

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Monique Benoski

O solista Paulo Szot, primeiro artista brasileiro a ganhar o maior prêmio de teatro dos Estados Unidos, o Tony Award. (Foto: Graziela Saviatto)

Quem não esteve no Teatro Guaíra neste domingo (19) para assistir ao Grande Concerto de Natal de Curitiba, “Abraçando a Vida”, perdeu a chance de ver atrações de renome reunidas em uma única apresentação. Com direção e regência do renomado maestro curitibano Norton Morozowicz, o solista da noite foi o barítono paulista Paulo Szot, o primeiro artista brasileiro a ganhar o maior prêmio de teatro dos Estados Unidos, o Tony Award. Em 2008, Szot ganhou todos os prêmios de teatro da Broadway como melhor ator em musical por sua atuação em “South Pacific”.

O concerto “Abraçando a Vida” foi estruturado por Morozowicz a partir de uma iniciativa da professora Fani Durães quando era Pró-reitora de Extensão e Cultura da Universidade Positivo, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura. O espetáculo contou com a Orquestra Sinfonia Brasil, o Coro Lírico de mesmo nome, com 40 vozes, preparação vocal de Alexandre Mousquer, acompanhado da pianista Priscila Malanski, além da participação do coral infantil Curumim, regido pela fundadora Joyce Todeschini.

O concerto “Abraçando a Vida” contou com a Orquestra Sinfonia Brasil, o Coro Lírico de mesmo nome, com 40 vozes, e o coral infantil Curumim. (Foto: Monique Benoski)

O espetáculo foi em prol do Hospital Pequeno Príncipe, eleito um dos melhores hospitais pediátricos do mundo pela revista americana Newsweek. Uma curiosidade foi que o show valorizou os artistas locais. As 40 vozes escolhidas a dedo por Mousquer são de Curitiba, entre elas Ana Paula Machado e Vitorio Scarpi que, ao lado da soprano Ornella de Lucca e do pianista Thiago Plaça Teixeira, compõem o elenco da Serata Lírica que será apresentada a partir desta segunda-feira (20) no Palácio Garibaldi, atração gratuita que vai até quarta-feira (22), sempre às 19h30. Árias de óperas italianas famosas serão encenadas nas janelas e sacada do prédio do Largo da Ordem.

Paulo Szot também permanece no Brasil para estrear o musical Chicago, no dia 20 de janeiro, no Teatro Santander, em São Paulo, do qual também foi protagonista na Broadway.

LEIA TAMBÉM:

Siga-nos no Instagram para ficar sempre por dentro das notícias:

Veja Também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

X