Primeiro trimestre de 2021 foi o melhor da história do Paraná no trabalho formal

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Da Redação

Os 78.484 empregos formais alcançados em 2021 foram 50,5% maior do que o melhor registro da série até então,em 2008. (Foto: Geraldo Bubniak/AEN)

O Paraná encerrou o primeiro trimestre de 2021 com 78.484 novas carteiras assinadas, quarto maior saldo de contratações do país. O resultado é o melhor do estado para o período desde 2004, ano que dá início à série histórica segmentada do Caged, Cadastro Geral de Empregados e Desempregados. O balanço trimestral foi alcançado pelas conquistas históricas de janeiro e fevereiro, os dois melhores meses da história do Paraná na geração de empregos. Nesse último mês do trimestre, o resultado foi o melhor desde 2014.

O Paraná teve 17 registros positivos nos três primeiros meses dos últimos 18 anos. Os 78.484 empregos formais alcançados em 2021 foram 50,5% maior do que o melhor registro da série até então, em 2008.

LEIA TAMBÉM:

O estudo foi realizado pelo Departamento do Trabalho e Estímulo à Geração de Renda da Secretaria de Estado da Justiça, Família e Trabalho e leva em consideração as mudanças de metodologia do Ministério da Economia e os ajustes da pasta federal. Outro destaque no primeiro trimestre levantado pelo Departamento foi a colocação de 21.914 pessoas no mercado de trabalho pelas 216 Agências do Trabalhador do Paraná, o que representa 27% dos empregos do período.

O Paraná fechou o primeiro trimestre entre os cinco estados que mais abriram vagas formais em 2021, respondendo por 9% de toda a geração de empregos com carteira assinada no país. Apenas São Paulo, Minas Gerais e Santa Catarina tiveram desempenho superior no recorte de 90 dias. 

Siga-nos no Instagram para ficar sempre por dentro das notícias:

Veja Também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

X