Aulas presenciais voltam a partir de 10 de maio no Paraná junto com vacinação de professores

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Da Redação

retorno às aulas Paraná
O governador Ratinho Jr. anunciou o retorno gradativo das aulas presenciais na rede estadual de ensino em coletiva de imprensa, ao lado do secretário da Educação, Renato Feder, na manhã desta terça-feira. (Foto: Geraldo Bubniak/AEN)

O governo do Paraná anunciou na manhã desta terça-feira (04) que a partir desta semana a vacinação contra a Covid-19 será destinada ao grupo de pessoas com comorbidades e a profissionais da educação das escolas municipais, estaduais e privadas do Paraná. Somente para professores e servidores da educação serão disponibilizadas 32 mil doses para o grupo de 55 a 59 anos.

Ratinho Jr. também anunciou a volta às aulas na rede estadual de ensino de forma gradativa. A partir da próxima segunda-feira (10), cerca de 200 escolas de diferentes regiões do estado, o equivalente a 10% do total, voltarão ao modelo hibrido, no qual parte dos alunos irá presencialmente para a escola e os demais acompanharão as aulas ao vivo em casa. O retorno coincide com o momento de queda na taxa de transmissão e nos indicadores de contágio da Covid-19.

LEIA TAMBÉM:

Há três critérios para a definição de quais colégios devem ter prioridade para a volta das atividades presenciais. O primeiro deles é o acompanhamento das cidades onde houve retorno das respectivas escolas e do transporte escolar. Além disso, serão priorizadas as escolas onde há alunos em situação de vulnerabilidade e sem acesso à internet e computador. Outro critério é a análise de colégios com maior número de professores fora do grupo de risco. As secretarias da Educação e do Esporte e da Saúde ainda estão realizando o mapeamento dos locais.

O retorno presencial não será obrigatório. Pais, mães ou responsáveis legais que desejem o retorno dos estudantes devem assinar um termo de autorização a ser entregue na instituição de ensino. Os alunos que optarem por não ir às aulas presencialmente continuarão no ensino remoto (que inclui as plataformas digitais do Aula Paraná, videoaulas no YouTube e TV aberta, além do kit pedagógico impresso), que ocorre desde o início do ano letivo, em 18 de fevereiro.

Siga-nos no Instagram para ficar sempre por dentro das notícias:

Veja Também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

X