Profissionais de odontologia ajudam na vacinação contra a Covid em Curitiba

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Da Redação

Cirurgiões dentistas, auxiliares e técnicos em saúde bucal participam da organização e da aplicação de vacinas. (Foto: Ricardo Marajó/SMCS)

Profissionais de odontologia da rede municipal de saúde de Curitiba entraram na campanha de vacinação contra a Covid-19. Junto com a equipe de enfermagem, cirurgiões dentistas, auxiliares e técnicos em saúde bucal participam da organização e da aplicação de vacinas.

Para a tarefa, a Secretaria Municipal da Saúde treinou 250 profissionais da área, entre os quais 180 cirurgiões dentistas foram aprovados para aplicar a vacina. “Como o atendimento da saúde bucal hoje está concentrado nas emergências, profissionais da odontologia estão trabalhando em outras frentes de combate à pandemia, e agora também no apoio à vacinação”, diz a coordenadora de saúde bucal da SMSC, Viviane Gubert.

LEIA TAMBÉM:

Com esse apoio, parte da enfermagem que estava na vacinação está sendo transferida para reforçar o atendimento em Unidades de Saúde e UPAs em funções que não poderiam ser desempenhadas por outros profissionais. “É muito importante essa troca profissional entre odontologia e enfermagem, assim conseguimos reforçar equipes em todos os locais e garantir uma vacinação acelerada”, diz Valquíria Cordeiro, enfermeira da coordenação do Pavilhão da Cura, que funciona no Parque Barigui. Para quem recebe a vacina, não há interferência se ela é aplicada por dentista ou por um profissional de enfermagem.

Experiência única

Se juntar à enfermagem nesse momento e emprestar o conhecimento técnico à outra área é considerado privilégio para os profissionais da odontologia que aceitaram a tarefa desempenhada longe dos consultórios. Antes da campanha de vacinação, durante a pandemia, muitos profissionais de odontologia já estavam na linha de frente, como Paulo Francisco Arant Martins.

Há 23 anos cirurgião-dentista na rede municipal, pela primeira vez ele teve que sair do consultório para desempenhar outras tarefas na Unidade de Saúde Vila Verde, na CIC. “Passei por todas as funções, desde apoio na divisão do fluxo de pacientes na unidade até monitoramento de oximetria, mas vir à vacinação está sendo uma experiência maravilhosa, principalmente por receber tanto carinho”, afirma Martins.

Siga-nos no Instagram para ficar sempre por dentro das notícias:

Veja Também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

X