Projeto de videodança do Balé Teatro Guaíra usa cenários urbanos de Curitiba

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Da Redação

O Balé Teatro Guaíra lançou o projeto de videodança “Birds”. (Foto: Teatro Guaíra)

O Balé Teatro Guaíra lançou o projeto de videodança “Birds”, que reúne coreografias autorais acompanhadas por uma trilha sonora de Tchaikovsky, filmadas em diferentes cenários urbanos de Curitiba, como as Arcadas de São Francisco. O projeto é coordenado pelo bailarino Reinaldo Pereira.

Ele conta que o trabalho surgiu a partir das discussões de um poema homônimo (veja abaixo) e tem como objetivo a discussão do potencial do artista de produzir arte e alçar voos. “Partimos de uma discussão de que a dança é uma arte primária e que há milhares de anos usamos o corpo de forma ritualística, para expressar nossos sentimentos e celebrar”, diz Pereira.

A escolha de Tchaikovsky se deu pela potência da música do compositor, que já foi trilha de outros trabalhos do BTG, como “O Lago dos Cisnes” e “O Quebra Nozes”, de onde saiu o trecho selecionado para “Birds”. Para a criação das coreografias, os bailarinos fizeram um laboratório de pesquisa de movimento.

O poema Birds diz: “Um homem diz ao dono do circo: ‘Quero trabalhar no seu circo’.
O dono do circo diz: ‘O que você sabe fazer?’
Ele diz: ‘Sei imitar um pássaro’.
O dono do circo não se impressiona, diz que não tem interesse, pois qualquer um sabe imitar um pássaro.
O homem não discute. Ele abre a janela e sai voando”.

Segundo Reinaldo Pereira, todo artista tem trabalhos que são meras imitações de pássaro. Mas há algumas poucas vezes em que o artista, de fato, voa.

Confira o VÍDEO:

(Vídeo: Balé Teatro Guaíra)

LEIA TAMBÉM:

Siga-nos no Instagram para ficar sempre por dentro das notícias:

Veja Também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

X