Projeto paranaense, complexo turístico Vela da Fé deve entrar para o Guinness Book

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Monique Benoski

[masterslider id=”369″]

Duas empresas paranaenses – a G2 Implantação & Consultoria Hoteleira e a GCS Capital – são responsáveis pelo projeto e estruturação do complexo turístico Vela da Fé, que será construído na cidade de Aparecida do Norte, principal destino religioso do Brasil. Com 109,7 metros de altura, o prédio será a maior vela do mundo e deve entrar para o Guinness World Records.

Viabilizada apenas com investimentos privados, porém, pensado em beneficiar a comunidade do entorno, a Vela da Fé terá espaços que promoverão o bem-estar da população de Aparecida, como shopping, horta comunitária, quadra poliesportiva, academia ao ar livre, hotel, centro de convenções, entre outros. “Fizemos um levantamento sobre os espaços comunitários que os moradores da cidade gostariam de ter no bairro São Sebastião, onde ficará o prédio, e decidimos por esses”, afirma Charluan Gamballe, CEO da GCS Capital.

Com investimento estimado em R$ 200 milhões, o empreendimento vai movimentar o turismo e fortalecer a economia do Vale do Paraíba, em São Paulo, além de projetar o Paraná no cenário nacional.

A história do cristianismo e o clima religioso de Aparecida do Norte foram inspiração para a forma de vela. O empreendimento visto de cima tem o formato da cruz de malta e do peixe, símbolos muito fortes para os cristãos. Além disso, a Vela da Fé terá áreas dedicadas à prática do catolicismo, como capela, sala de todos os santos e velário. O projeto é o resultado de uma promessa feita por Edson Cooper, empresário paranaense e devoto da santa que, após receber duas curas na família prometeu construir a maior vela do mundo em Aparecida do Norte.

A Vela

O corpo da vela abrigará o hotel, padrão quatro estrelas, que se divide em 26 andares, com 140 quartos, e também um restaurante, com vista panorâmica para toda a cidade. O elevador do edifício também será panorâmico, possibilitando ver o Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida. Além disso, o complexo terá área social com lobby bar, shopping com praça de alimentação, auditório, business center e áreas de entretenimento, com espaços de jogos e lazer.

A chama da vela terá 17 metros de altura e será coberta por painéis de LED, que simulam uma chama real, em um mirante de 360° para toda a região. Já o corpo da vela terá iluminação inteligente, que permite iluminar o prédio por fora sem que a luz externa atrapalhe quem está dentro do complexo. “Nós buscamos trazer tecnologia, modernidade e sustentabilidade ao projeto, como o aproveitamento da água da chuva e eficiência energética de todo o empreendimento”, explica Maria José Gamballe, diretora executiva da G2 Implantação & Consultoria.}

O empreendimento, lançado em setembro na The Hotel Show, feira em Dubai, deve começar a ser construído ainda no mês de novembro deste ano, com conclusão prevista para 2021.

Veja Também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

X