DESKTOP

Série Histórias de Amizade: Quando uma boa conversa é o remédio que acalma e reanima

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Simone Giacometti

A jornalista Vanusa Vicelli conta como a amizade ajudou a superar momentos difíceis e a recomeçar de bem com a vida. (Video: Portal Reinaldo Bessa)

A frase escolhida para a abertura da segunda matéria da série Histórias de Amizade vem da poetisa Helena Kolody: “Que importa a nuvem no horizonte, chuva de amanhã? Hoje o sol inunda o meu dia”. Assim são os amigos! Eles são capazes de tornar fáceis as coisas que pareciam impossíveis. Deixar leves os mais pesados fardos. As amizades colorem os mais escuros contornos e iluminam os dias e as noites. Falando dessa forma, até parece que os amigos têm super poderes, não é? De certa forma, isso é verdade. Se uma só pessoa já é capaz de melhorar a realidade da outra, imagine então quando esse mesmo indivíduo se junta a outro e mais outro e mais outro, formando um grupo, uma rede de apoio. Isso parece ter algum significado para você?

Para a jornalista Vanusa Vicelli, faz todo sentido. E ela descobriu o poder dos amigos num dos momentos mais desafiadores da vida, quando, em 2015, recebeu o diagnóstico de câncer de mama. O que parecia um mau começo, acredite, se desdobrou em lindas histórias de amizade e superação, que ela conta no blog Laços do Peito. O projeto é tocado a quatro mãos, por Vanusa Vicelli e Jucienne Camilotti.

blank
Vanusa durante o tratamento do câncer de mama, que exigiu várias sessões de quimioterapia. (Foto: Arquivo pessoal)

Vale a pena conferir os textos, escritos com honestidade e clareza. São relatos feitos ao longo do tratamento, detalhando as experiências que deram certo e também as frustrações que fazem parte do processo. Misturando tudo, temos o retrato de uma mulher forte, determinada, disposta a dar seu melhor para os dois filhos e que adquiriu uma perspectiva diferente de olhar o mundo.

LEIA TAMBÉM:

No momento, Vanusa está dedicada ao estudo de um tema que requer sensibilidade. Depois de acompanhar o processo de despedida de uma amiga que recebia apenas cuidados paliativos, pois já não havia o que ser feito, ela está lendo muito e fazendo pesquisas sobre o tratamento de pacientes terminais. “Eu estava com ela no momento da partida, acompanhei os momentos finais da passagem. E por mais estranho que possa parecer, essa moça estava calma e eu consegui sentir muita tranquilidade por estar ao lado dela, de certa forma ajudando nesse processo”, revela. Terminamos nossa conversa falando sobre a intensidade de vivenciar essa experiência. E como sempre acontece com quem conversa com a Vanusa, saí tocada pela empatia que sente pelas pessoas.

blank
Vanusa Vicelli está curada do câncer e mantém apenas os exames de rotina. (Foto: Arquivo pessoal)

E se você tem uma experiência bacana pra contar pode enviar para o Blog Laços do Peito. O link é esse aqui.

A série Histórias de Amizade, produzida pelo Portal Reinaldo Bessa, marca o Dia do Amigo, comemorado em 18 de abril. Amanhã, você vai conhecer a história do voluntário James Rui Palazzo, que vai falar sobre seu trabalho na Associação dos Amigos do HC, que realiza ações para melhorar a qualidade de vida dos pacientes do Complexo Hospital de Clínicas da UFPR, seus familiares e acompanhantes de tratamento.

Siga-nos no Instagram para ficar sempre por dentro das notícias:

Veja Também

blank

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

blank
X