Regras para a geração de energia solar são tema de audiência pública nesta segunda-feira em Curitiba

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Da Redação

Painéis solares instalados no Palácio 29 de Março, no primeiro semestre de 2019, em Curitiba. (Foto: Valdecir Galor/SMCS)

A Câmara Municipal de Curitiba realiza nesta segunda-feira (16), a partir das 14 horas, audiência pública para analisar as mudanças propostas pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) nas regras de geração distribuída e seu impacto no setor de energia solar. A reunião, proposta pelo vereador Marcos Vieira e pelo deputado federal Gustavo Fruet, ambos do PDT, contará com a participação de diretores das associações brasileira e paranaense de energia solar, além dos senadores Flávio Arns e Oriovisto Guimarães.

A audiência foi sugerida para que Curitiba não fique de fora da consulta pública nacional aberta pela Aneel, em outubro, para receber contribuições à proposta de revisão da Resolução Normativa 482/2012. A consulta pública encerra-se no próximo dia 30. A revisão da resolução está prevista desde 2015 e seu objetivo é aperfeiçoar o atual modelo do sistema de compensação de créditos, considerando os avanços da geração distribuída no Brasil a partir de 2012, quando o consumidor começou a poder gerar sua própria energia.

Segundo a Aneel, desde a regulamentação da Resolução 482/12, já foram implantadas mais de 120 mil unidades consumidoras com micro ou mini geração de energia. A fonte de energia solar é a mais utilizada na modalidade, alcançando 98% das conexões, segundo a agência.

Veja Também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

X