Sorria, você está sendo filmado em alta resolução; Ponte da Amizade ganha monitoramento inteligente, com reconhecimento facial

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Da Redação

O ministro Sergio Moro e o governador Ratinho Jr. ouvem a explicação sobre o funcionamento do Fronteira Tech. (Fotos: Geraldo Bubniak/AEN)
Serão 15 luminárias de LED com telegestão, sobre as quais o operador recebe informações em tempo real, e GPS.
Os equipamentos foram adquiridos pela Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial.

Se você pretende passar as festas de fim de ano em Foz do Iguaçu e dar um pulinho no Paraguai para compras, atenção: A Ponte Internacional da Amizade, que liga Foz a Ciudad del Este, acaba de ganhar 70 câmeras com capacidade de reconhecimento facial e identificação de placas de veículos, softwares de inteligência artificial (para ampliar o controle) e big data (para armazenar informações). Os equipamentos, para o controle aduaneiro com o intuito de inibir crimes, foram entregues nesta segunda-feira (16) pelo governador Ratinho Junior e pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro.

O Fronteira Tech envolve uma rede de iluminação pública inteligente, com duas câmeras em cada um dos 33 postes nas entradas e saídas da Aduana; quatro câmeras fixas em pontos estratégicos; 11 sensores de tiro, que captam o áudio de disparos e a partir disso calculam a localização do tiro; sistema de identificação facial e reconhecimento de padrões, softwares e big data. Além disso, serão instaladas 15 luminárias de LED com telegestão, sobre as quais o operador recebe informações em tempo real, e GPS.

Todos os equipamentos foram adquiridos pela Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial, ligada ao Ministério da Economia, Receita Federal e Instituto de Desenvolvimento Tecnológico. Diariamente passam pela Ponte da Amizade cerca de 100 mil pessoas e 40 mil veículos. Na primeira fase, ainda neste ano, serão instaladas 36 câmeras. O Fronteira Tech da Ponte Internacional da Amizade se soma a diversas iniciativas de segurança na área, como o Centro Integrado de Operações de Fronteira (Ciof) e cooperação com os países do Mercosul para operações integradas. As imagens e informações colhidas serão disponibilizadas para o Ciof.

Segundo o presidente da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial, Igor Calvet, é a primeira vez que esse sistema de luminárias com tecnologia é usado em um serviço público no país. A expectativa é a de que o projeto possa ser replicado em outras aduanas brasileiras de fronteira, em postos da Polícia Rodoviária Federal, em municípios com elevados índices de criminalidade ou mesmo na segurança de empresas e parques industriais. O investimento na aquisição, instalação e operação dos equipamentos e softwares na Ponte da Amizade foi de R$ 5 milhões.

Participaram da solenidade o secretário da Segurança Pública do Paraná, Romulo Marinho Soares, o comandante-geral da Polícia Militar do Paraná, Coronel Pericles de Mattos, o diretor-geral brasileiro da Itaipu Binacional, Joaquim Silva e Luna, o diretor-geral da Polícia Federal, Maurício Valeixo, o superintendente da Receita Federal da 9ª Região, Luiz Bernardi, e o secretário-adjunto da Receita Federal, Décio Rui Pialarissi, entre outras autoridades e políticos.

Veja Também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

X