DESKTOP

Startup curitibana consegue graduação no Founder Institute, da Califórnia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Da Redação

blank
O Founder Institute fica no Vale do Silício, berço das empresas de alta tecnologia nos EUA. (Foto: Divulgação)


A startup curitibana e-Delas, criada em 2020 por iniciativa dos sócios Paloma Grubba, Guilherme Carneiro e Karla Soares, conseguiu a graduação no renomado Founder Institute, situado no Vale do Silício, berço das empresas de alta tecnologia nos EUA e reconhecido como a maior aceleradora de startups do mercado atual. Nascida em maio, durante a pandemia de Covid-19, a e-Delas oferta ensino empreendedor para mulheres, por meio de cursos e especializações e é voltada para o fomento de negócios e a capacitação para o mercado de trabalho dessas empreendedoras.

LEIA TAMBÉM:

“Da decisão de criar a startup, em plena pandemia, até a inscrição para o programa de aceleração do Founder, foi tudo muito rápido e a etapa seguinte exigiu dedicação e comprometimento até nossa graduação”, conta a sócia Paloma Grubba, que participou efetivamente dos encontros semanais por vídeo com representantes do instituto ao longo de 4 meses.

Durante esse período a startup se consolidou em boas práticas de gestão, desenvolveu um passo a passo de investimentos e, sobretudo, traçou uma estratégia de customer development, essencial para criar produtos de acordo com a necessidade de seus clientes – no caso, mulheres empreendedoras. “E o mais interessante é que mudamos nosso foco para atender e capacitar mulheres durante o período de aceleração no Founder Institute. Foram eles que nos mostraram a necessidade de se criar uma solução exclusivamente voltada para esse público. E foi o que fizemos”, complementa Paloma.

Formadas em ciências contábeis e com experiência em gestão de negócios e empresas, Paloma e Karla deixaram o mundo corporativo para se dedicar exclusivamente à e-Delas no final do ano passado. O outro sócio, Guilherme, acaba de deixar o cargo de gerente em um grande banco público para também se dedicar integralmente ao projeto. “Nós todos nos apaixonamos pelo problema, que é fomentar o empreendedorismo no Brasil, e não pela solução. Mas, juntos, vamos atrás dela”, brinca Paloma.


Siga-nos no Instagram para ficar sempre por dentro das notícias:

Veja Também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

X