DESKTOP

SulAmérica oferece consultas psicológicas grátis a familiares de vítimas da Covid e profissionais da saúde

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Da Redação

blank
Cada pessoa poderá participar de até três sessões, que serão sugeridas pelos profissionais da plataforma. (Foto: Divulgação)

O Grupo SulAmérica passou a oferecer, a partir desta segunda-feira (12), gratuitamente, atendimentos psicológicos por meio de uma parceria especial com a plataforma Psicologia Viva. A expectativa da gestora de saúde, que é proprietária da operadora de saúde Paraná Clínicas, é atender 35 mil pessoas que não têm acesso a este tipo de serviço e precisam de apoio emocional durante este momento. Além de familiares de internados e de vítimas fatais da Covid-19, a ação visa apoiar também profissionais da linha de frente do combate à pandemia. Todos os atendimentos serão realizados de forma virtual para todo o país, com agendamento prévio, por psicólogos do Psicologia Viva que estarão disponíveis até o dia 11 de maio.

Cada pessoa poderá participar de até três sessões, que serão sugeridas pelos profissionais da plataforma. Ao entrar no sistema do Psicologia Viva para agendar a sessão, o participante preencherá um cadastro simples e poderá escolher o profissional que fará seu atendimento, a partir de um descritivo de cada psicólogo. A ação social está sendo viabilizada porque a SulAmérica decidiu dirigir 100% de sua verba publicitária para o projeto. “Os problemas com a saúde emocional têm aumentado exponencialmente por causa da pandemia. Temos visto o quanto as pessoas precisam de auxílio e, por isso, estamos lançando esta ação social”, afirma a vice-presidente de Capital Humano e Sustentabilidade da SulAmérica, Patrícia Coimbra.

LEIA TAMBÉM:

A iniciativa do projeto surgiu da constatação do aumento do número de atendimentos psicológicos a partir do início da pandemia. Segundo Raquel Imbassahy, superintendente de Serviços Médicos da SulAmérica, o número de atendimentos realizados de setembro a dezembro de 2019 saltou de 500 para 50 mil em 2020, no mesmo período entre os beneficiários da companhia. No ano passado, foram quase 90 mil atendimentos, dos quais 53% eram casos de ansiedade, seguidos por depressão (15,5%) e estresse (8%). “Somos uma empresa que olha a saúde das pessoas de forma integral, por isso não podemos deixar de pensar na população em geral fazendo esse gesto de apoio nesse momento de emergência social”, afirma a executiva.

Mais informações sobre a ação social, acesse www.sulamericasaudeintegral.com.br.

Siga-nos no Instagram para ficar sempre por dentro das notícias:


Veja Também

blank

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

blank
X