Tabacarias e bares são interditados e multados por descumprirem medidas anticovid em Curitiba

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Da Redação

Tabacarias e bares foram interditados e multados por descomprimirem as medidas anticovid em Curitiba. (Foto: Daniel Castellano/SMCS)

De terça (3) até a madrugada deste sábado (7), as equipes da Ação Integrada de Fiscalização Urbana (Aifu) de Curitiba, responsáveis por coibir aglomerações e outras atitudes que facilitam a transmissão da Covid-19, vistoriaram 49 estabelecimentos. Foram constatadas irregularidades em 14 estabelecimentos que terminaram interditados e autuados. Os 14 autos de infração somados chegam a R$ 530 mil.

Terça-feira (3): Nove estabelecimentos foram vistoriados e todos seguiam adequadamente os protocolos de segurança sanitária. As equipes estiveram em bares nos bairros Cajuru, Alto Boqueirão e Bairro Alto e em distribuidoras de bebidas no Bairro Alto e Novo Mundo.

Quarta-feira (4): Uma casa de jogos no Centro foi interditada e autuada em R$ 10 mil, por não respeitar o distanciamento 1,5m entre as pessoas. Foi o único dos 13 espaços vistoriados onde os fiscais constataram descuido com as medidas para evitar o contágio pela Covid-19.

Quinta-feira (5): Tabacarias foram o alvo das fiscalizações. Na ação, que contou com a participação da Receita Federal e do Procon, foram paralisadas pela prática de atividade suspensa neste período três tabacarias nos barros Xaxim, Sítio Cercado e Centro. Foram lavrados autos de infração para as três com valor total de R$ 130 mil.

Sexta-feira (6): Foram interditados e multados por não garantir distanciamento mínimo de 1,5 metro entre as pessoas bares no São Francisco, Bom Retiro, Hauer, Boqueirão e uma tabacaria no Uberaba, pela prática de atividade suspensa. Foram R$ 140 mil em autos expedidos.

Sábado (7): Cinco dos 13 locais vistoriados no sábado (7) descumpriam as medidas sanitárias, foram autuados e interditados. As irregularidades foram flagradas em bares no Centro, Boa Vista, São Francisco e Hauer, pela falta de controle no número de pessoas e consequentemente aglomerações. Somados os autos chegaram a R$ 250 mil.

LEIA TAMBÉM:

Penalidades

As equipes da Ação Integrada de Fiscalização Urbana (Aifu) de Curitiba vistoriaram 49 estabelecimentos desde a última terça-feira (3). (Foto: Pedro Ribas/SMCS)

Nos últimos oito meses foram vistoriados 3.859 estabelecimentos, de diferentes áreas do comércio, durante as Aifus. Destes, 879 foram flagrados descumprindo as medidas sanitárias obrigatórias e acabaram interditados e 1.773 autos de infração foram lavrados para pessoas físicas, empresas e comércios. O valor total dos autos lavrados é de aproximadamente R$ 17,9 milhões. Todos os cidadãos e empresas autuadas têm direito de se defender em processo administrativo. Todos os cidadãos autuados têm o direito de recorrer em processos administrativos.

Siga-nos no Instagram para ficar sempre por dentro das notícias:

Veja Também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

X