Um dos últimos salões masculinos do Centro de Curitiba, Del Rey Cabeleireiros fecha as portas depois de 50 anos

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Da Redação

O cabeleireiro Horácio Alves de Oliveira, que trabalha no Del Rey desde 1979. Agora, ele vai trabalhar em casa. Ao fundo, no sofá, o proprietário do salão, Rene Kniggendorf. (Foto: Portal Reinaldo Bessa)

Um dos poucos salões de cabeleireiros masculinos do Centro de Curitiba, o tradicional salão Del Rey fechou as portas nesta sexta-feira (14). Segundo o proprietário Rene Kniggendorf, a decisão de fechar o salão foi motivada pelo alto custo do aluguel e a drástica diminuição do movimento desde o início da pandemia, o que causou a diminuição também do número de profissionais em atividade. Dos quatro cabeleireiros e barbeiros, apenas dois continuavam indo diariamente ao salão. Os outros dois se afastaram logo que a pandemia começou. No último dia apenas o cabeleireiro Horácio Alves de Oliveira, que trabalha no salão desde 1979, estava atendendo os últimos clientes. A partir de agora, ele vai atender em casa.

Além disso, o imóvel, que pertence ao Hotel Del Rey, anexo, faz parte dos bens em disputa pelos herdeiros da família do empresário Omar Fatuche. Kniggendorf comprou o Del Rey Cabeleireiros em 1971 de Franz Paveu quando ainda se chamava Salão Art e Barbearia Ltda.

LEIA TAMBÉM:

O Del Rey Cabeleireiros funcionou anexo ao Hotel Del Rey desde 1971, na Rua Ermelino de Leão, no Centro. (Foto: Portal Reinaldo Bessa)

Com a abertura do hotel, o salão foi para um espaço menor, ao lado, onde permaneceu até agora, na rua Desembargador Ermelino de Leão, 24. De lá para cá, o salão pegou carona não só no movimento do hotel, na época um dos mais importantes da cidade, como da região, onde se localiza a Boca Maldita, tradicional reduto masculino do Centro.

Sua clientela era formada por políticos, entre eles o ex-governador Roberto Requião, empresários, magistrados, jornalistas da velha guarda e esportistas. Era um dos últimos salões autênticos, onde muita gente passava simplesmente para sentar e jogar conversa fora.

Siga-nos no Instagram para ficar sempre por dentro das notícias:

Veja Também

28 comentários em “Um dos últimos salões masculinos do Centro de Curitiba, Del Rey Cabeleireiros fecha as portas depois de 50 anos”

  1. Avatar

    Sou Homero Clock, empresário, cortei meu cabelo por muitos anos com meu querido amigo, irmão ( in memória) Marquinhos. Popular Padre Marcos.
    Sempre que passava entrava no salão e algumas vezes cantávamos um estrofe de uma moda
    Certaneja. Muitas histórias e boas risadas estão na minha memória. Del rei e sua equipe nunca vai ser apagada em minha vida. Marquinhos meu eterno Irmão. Um beijo..

  2. Avatar

    Todos os 4 profissionais da mais alta categoria, sem contar a Celinha fechando o quinteto.
    O Marcos Nunes um ser sem igual, recolhido muito cedo. O Beto, Athethicano/Gremista, sempre atualizado com os assuntos políticos.O Chico (que não chama Francisco), e seus causos sempre com humor. E o Horácio sempre atento e bem atendendo.
    Esse Salão foi palco de muitas histórias e ficará marcado em nossa na memória.

    1. Avatar

      Que triste noticia😔, fim de uma história, local indelével no centro de Curitiba. Todas as vezes que eu passar por lá, lembrarei sempre das piadas, dos amigos e dos momentos descontraídos que ali sempre existiu. Triste…vida que segue👏😔

  3. Avatar

    Sou Rodrigo Carvalho. Cortei meu cabelo com o Horácio desde logo que entrou no salão. Corte sempre perfeito! Sentirei muitas saudades de todos! Horácio, se puder me passe seu contato, pois é o único que ainda não tem celular!

    1. Avatar
      Rosangela Bortolaz

      Boa noite Rodrigo , me chamo Rosangela Bortolaz , sou filha desse grande profissional Meu Pai … ele atenderá em casa nos mesmos moldes do lendário Salão Del Rey, segue o contato para que todos continuem prestigiando o trabalho dele . Trabalho este que ele ama demais .
      (41) 9 9958 4838 ou (41) 3354 96 33

    2. Avatar
      Rosangela Bortolaz

      Boa noite Rodrigo , me chamo Rosangela Bortolaz , sou filha desse grande profissional Meu Pai … ele atenderá em casa nos mesmos moldes do lendário Salão Del Rey, segue o contato para que todos continuem prestigiando o trabalho dele . Trabalho este que ele ama demais .
      (41) 9 9958 4838 ou (41) 3354 96 33

  4. Avatar
    Meujael de Oliveira Braz

    Fui apresentado ao salão pelo meu e irmão Uirassu (Comumente chamado de Urso), ao Horácio. Passei a frequentar esse salão em virtude do fechamento de outro tradicional que era o Lord cabeleireiros. Boas lembranças ficarão, graças ao cuidado esmerado do Horácio com os nossos já poucos cabelos e boas histórias.

  5. Avatar
    Uirassú Ribeiro Santos

    Sou cliente do Del Rey Cabeleireiros desde Junho de 1974, quando deixei o salão do Fred, Feliciano e Ricardo, que ficava na sobreloja do Magazin Avenida, quando atravessei a rua, por recomendação de um outro amigo já falecido, Luiz Antônio Russo, que já era cliente do Del Rey, cujo cabeleireiro Angelo foi o meu cabeleireiro até que casou e morar em Jaraguá do Sul, onde passou a criar cavalos num Aras naquela cidade Catarinense, e daí Eu segui uma nova recomendação, desta feita do então gerente do Del Rey, Cláudio, para que Eu desce uma chance para o Horácio, ou seja, desde 1979 Eu estou “dando” uma chance ao meu amigo Horácio, cuja relacionamento deixou de ser apenas profissional, pois nós tornamos amigos, aí ponto de quando Eu fui embora para trabalhar em São Paulo e depois em Brasília, durante 11 anos, de 2006 à 2017, Eu mantive os meus cortes de cabelo e bigode fielmente à este meu grande amigo e irmão de fé.

    1. Avatar

      Boa tarde Sr Governador!
      O senhor tem toda a razão. Esse local fará muita falta em nossa Boca Maldita…
      Uma pena mesmo…
      Um abraço ao senhor!

      Renato Curi

  6. Avatar

    Boa noite a todos os clientes desse renomado salão ao qual ,meu querido pai José, e meu querido irmão Marcos trabalhou mais de trinta anos,e que agora está junto dele,lá no alto. É uma pena fechar depois de tantos anos,mas tudo vem e vai ,é a lógica de tudo. Meu nome é Osni ,sou caminhonete a mais de trinta anos.Um abraço a todos,e fica a saudade.

  7. Avatar

    Bom dia. Meu nome é Elton e frequentei o salão desde 1980, primeiro com o seu Armando e depois com o catarinense “Chico”, cujo nome é Nilton. Grandes profissionais, todos que passaram por lá.

    1. Avatar
      Mitri Chukri Nastás

      Lamentável o fechamento do Del Rey! Meu nome é Mitri Nastás e sou cliente do Horácio desde 2000, não era só um salão de cabeleireiro a era um”pointer’ de atualização da política e principais acontecimentos de nossa cidade. Fará muita falta para todos nós.

      1. Avatar

        Frequentei ali por uns 10 anos. Quem cortava meu cabelo era o Luiz, que hoje tem seu salão na vila Hauer. Bons momentos ali. Uma pena o fechamento. A XV de Novembro perde um pouco de sua história.

  8. Avatar

    Salão Del Rey já fazia parte da história da Boca Maldita de Curitiba, uma lamentável perda para a cidade e para seus frequentadores… Mas feliz em saber que o bom e primoroso atendimento a clientela continuará a ser ofertada. Vamos agradecer a gentileza de sua filha que já disponibilizou os telefones para agendamento.

  9. Avatar

    SOU O LINEU TOMASS. LAMENTO O FECHAMENTO DESTE REDUTO DE ENCONTROS ATÉ DE ADVERSÁRIOS POLÍTICOS. REGISTREI COM FOTO EM MEU LIVRO , BOCA MALDITA DE CURITIBA, NA PÁGINA 223 , DE 2013, ONDE ESTÃO: O MARCOS (FALECIDO) , O BETO, O HORACIO, O AMILTON CATARINA E O CLAUDIO. O MARCOS, FALECEU E COM ELE FORMAVAMOS SEMPRE DE IMPROVISO UMA DUPLA QUANDO EM DUETO CANTAVAMOS O LINDO BOLERO “LA BSRCA”, PARA SURPRESA DE TODOS….SAUDADES ….SAUDADES…LAMENTOS….
    LAMENTOS…..SOMOS TODOS CAMINHANTES PASSAGEIROS CUMPRINDO NOSSA MISSÃO EFÊMERA NESTA CURTA PASSAGEM….

  10. Avatar
    Luis Eduardo B. de Paula

    Não somente nos tornamos clientes, mas amigos.
    Chico, Beto, Marquinhos e tio Horácio, como meus filhos o chamam, com certeza farão parte das nossas vidas. O primeiro corte de cabelo dos meus dois filhos quem levou foi o Vovô, cliente há décadas, e foram com tio Horácio. A tristeza do fechamento ficará, mas as boas lembranças das conversas e risadas também ficarão para sempre. Tudo de bom para quem ajudou a construir está história.

  11. Avatar

    Cortei meu cabelo por muitos anos com o Amilton(Catarina). Demos muitas risadas juntos! Sinto demais pelo Marcos! Cara sensacional! Uma equipe maravilhosa! Vai deixar saudades!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

X