Porquice na areia: veranistas deixam mais de 500 toneladas de lixo no Litoral do Paraná

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Da Redação

A Sanepar já recolheu mais de 500 toneladas de resíduos sólidos na atual temporada. (Foto: Divulgação)

A falta de educação dos veranistas nas praias do Paraná já resultou em mais de 500 toneladas de lixo nesta temporada. A Sanepar está realizando, desde dezembro, a limpeza nos municípios de Guaratuba, Matinhos e Pontal do Paraná em uma faixa de 48 quilômetros lineares de areia. O trabalho vai acontecer até 28 de fevereiro. Comparando com o volume retirado em dezembro com janeiro e o início de fevereiro, a média baixou de 13,5 toneladas para 11,2 toneladas de lixo ao dia.

Durante o dia, estão sendo feitas a varrição e a retirada manual de resíduos como latas, embalagens plásticas, bitucas de cigarro e cacos de vidro. O trabalho está sendo feito por equipes terceirizadas, cerca de 120 pessoas, a maioria moradores do Litoral. Eles também distribuem sacos biodegradáveis para armazenamento de lixo – até agora já foram entregues 150 mil unidades aos banhistas.

LEIA TAMBÉM:

Para a retirada do lixo da faixa de areia, a Sanepar disponibilizou 300 tambores de 200 litros cada ao longo da orla das três praias atendidas pelo programa de higienização. A destinação final dos resíduos retirados é feita pelas prefeituras.

O diretor de Meio Ambiente da Sanepar, Julio Gonchorosky, explica que a limpeza das areias realizada pela companhia é um trabalho importante para a saúde pública, mas também de educação ambiental para população. “O hábito de cuidar adequadamente do lixo produzido faz muita diferença para o meio ambiente e para a saúde coletiva. É fundamental que a população se conscientize sobre seu papel no cuidado com os resíduos”, diz.

Siga-nos no Instagram para ficar sempre por dentro das notícias:

Veja Também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

X