Vereadores aprovam urgência a projeto que prevê moratória a empresas de eventos de Curitiba

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Da Redação

Projeto de lei suspende as dívidas das empresas de eventos culturais com o poder público até janeiro de 2022. (Foto: Divulgação/CMC)

A Câmara Municipal de Curitiba deu aval ao projeto de lei do Executivo que suspende as dívidas das empresas de eventos culturais com o poder público até janeiro de 2022. A decisão ocorreu na sessão desta terça-feira (16) na qual os vereadores concordaram em antecipar a tramitação da moratória às empresas.

Com a aceitação do pedido de urgência, o projeto será levado ao plenário em apenas três dias úteis, entrando na Ordem do Dia, para votação, já na próxima segunda-feira (23). A apreciação de ontem foi simbólica, sem manifestações contrárias. Com a moratória, as empresas terão acesso às certidões negativas que as instituições financeiras exigem para a concessão de empréstimos, por exemplo.

A sessão ocorreu nesta terça-feira (16), na qual os vereadores concordaram em antecipar a tramitação da moratória às empresas. (Foto: Divulgação/CMC)

LEIA TAMBÉM:

O projeto de lei da prefeitura, protocolado pelo líder do governo no Legislativo, Pier Petruzziello (PTB), abrange 12 atividades econômicas: gestão de espaços artísticos; produção de espetáculos circenses, de dança, de música, de teatro e de eventos esportivos; serviços de música ao vivo e mecânica; organização de feiras e congressos; exibição cinematográfica; drive-ins e casas de festas e eventos. O vereador Marcelo Fachinello (PSC) lembrou que em março deste ano a Câmara aprovou sugestão ao Executivo defendendo a implantação de moratória para as empresas cujo faturamento foi comprometido pela pandemia. “Devolver às empresas as certidões facilita a busca por crédito, que pode ser usado em investimentos e recontratação de pessoal”, justificou.

Siga-nos no Instagram para ficar sempre por dentro das notícias:

Veja Também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

X